Segunda, 01 Abril 2013 09:35

Membro da pastoral evangélica é preso com arma dentro de cadeia na Paraíba Destaque

Escrito por  Correio da Paraíba
Avalie este item
(0 votos)

 

O integrante da pastoral evangélica, Sebastião Coelho de Santana, foi preso neste domingo (31/03), quando se preparava para um culto evangélico dentro da cadeia pública da cidade de Pombal, no Sertão paraibano. Ele estava portando arma branca, objetos cortantes e dinheiro (ver foto) que seriam entregues aos detentos para um possível plano de fuga, conforme informou a Secretaria de Administração Penitenciária do Estado (Seap).

Segundo informações da Seap, um grupo de religioso estava na cadeia para a realização de um culto evangélico quando os agentes penitenciários perceberam que Sebastião Coelho apresentava sinais de nervosismo.

Durante a abordagem e em uma revista minuciosa no suspeito, os agentes encontraram 1 canivete, 2 objetos cortantes, 1 tesoura e R$ 660 em espécie.

A Seap revelou que além do terno, o acusado estava vestido com 6 camisas e 5 shorts. A Secretaria de Administração Penitenciária informou que no local, os apenados usam uniforme padrão e é proibida a entrada de roupas convencionais.

Os agentes acreditam que o material seria utilizado em uma possível fuga. Sebastião Coelho foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Pombal e deverá ser encaminhado para o presídio. Segundo a Seap, já são mais de 60 pessoas presas em flagrante no Estado dentro ou tentando entrar com objetos ilícitos no Sistema Prisional da Paraíba.

Como forma de limitar e ordenar o acesso aos estabelecimentos prisionais do Estado, o secretário de Administração Penitenciária, Walber Virgolino, baixou uma portaria em março deste ano, que limita membros de entidades de assistência religiosas aos presídios paraibanos.

Pela nova portaria, o acesso será permitido após a revista de objetos pessoais, materiais e mercadorias que sejam conduzidas pelos religiosos. Os horários de acesso também ficam limitados. O número de representantes por agremiação religiosa também fica limitado a cinco pessoas. Mesmo assim, precisam estar previamente cadastradas, com pelo menos 15 dias de antecedência.

 

Ler 7780 vezes Última modificação em Segunda, 01 Abril 2013 09:40

PUBLICIDADE

JR Esquadrias