Sábado, 30 Março 2013 17:57

Alemanha e França fazem apelo para Coreia do Norte abandonar provocações Destaque

Escrito por  Das Agências Internacionais
Avalie este item
(0 votos)

 

Berlim - A Alemanha apelou neste sábado (30/03) para que a Coreia do Norte pare de "brincar com fogo", ao mesmo tempo em que a França pediu o fim das provocações do país, depois que Pyongyang anunciou que se encontra em "estado de guerra" (ver desfile das tropas na foto) com a Coreia do Sul. "A irresponsável brincadeira com fogo da Coreia do Norte deve parar", escreveu o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Guido Westerwelle, em um artigo publicado no periódico Bild.
 
"Embora as imagens e as palavras que chegam da Coreia do Norte pareçam ter saído de outra época, constituem uma ameaça séria para a paz em toda a região", afirmou o ministro, que reconheceu estar muito preocupado.
 
Westerwelle reiterou a solidariedade de Berlim com a Coreia do Sul e lembrou que a Alemanha está decidida a conseguir, junto aos seus sócios, que ocorra uma mudança na política da Coreia do Norte para que coloque fim as suas ameaças e suspenda seu programa nuclear.
 
A França, por sua vez, pediu para que Pyongyang "se abstenha de novas provocações, através de um comunicado divulgado pelo ministério das Relações Exteriores do país.
 
"A França está muito preocupada com a situação na península coreana", declarou o porta-voz do ministério, acrescentando que o país "pede encarecidamente à Coreia do Norte que se abstenha de novas provocações, que cumpra com suas obrigações internacionais, sobretudo no âmbito das resoluções pertinentes das Nações Unidas, e retome rapidamente o caminho do diálogo".
 
Pyongyang anunciou há algumas horas que se encontrava em "estado de guerra" com a Coreia do Sul.
 
As duas Coreias encontram-se tecnicamente em estado de guerra porque a Guerra da Coreia de 1950-53 terminou com um armistício, e não com um tratado de paz.
Ler 138 vezes
JR Esquadrias