Quinta, 30 Agosto 2018 11:14

LISTÃO DE CODIFICADOS Secretário diz que são “apenas” oito mil e acusa o Blog de “sensacionalismo barato” Destaque

Escrito por  Blog do Heldermoura
Avalie este item
(0 votos)
secretário Luís Torres (Comunicação) secretário Luís Torres (Comunicação)

O listão liberado pelo Banco do Brasil, a partir de uma ação proposta pelo defensor José Espínola da Costa, há codificados com salários de até R$ 20,8 mil (confira em baixo).

O Governo do Estado tachou a publicação do listão dos codificados, liberado pelo Banco do Brasil após decisão judicial, como “sensacionalismo barato” do Blog. Segundo o secretário Luís Torres (Comunicação), não existe 21 mil servidores dito codificados, conforme a relação veiculada, mas “apenas” cerca de oito mil.

Em entrevista ao portal PB Agora (https://goo.gl/Etvkd4), o secretário afirmou: “É importante dizer ainda que o número de quem recebe atualmente por produtividade na Saúde do Estado não chega nem perto do que foi, equivocadamente, anunciado.  Existem aproximadamente oito mil servidores nesta situação. Não 21 mil, como se tenta passar. Tais dados, inclusive, atualmente, são mensalmente repassados ao Tribunal de Contas do Estado para acompanhamento e comprovação.”

E ainda: “Os maiores salários, por sua vez, são resultado da produtividade e de plantões de médicos, cujos oposicionistas, vez por outra, dizem que ganham mal neste Estado. O resto é desespero de quem não consegue decodificar os altos índices de aprovação desta gestão e sabe que, ao longo destes oito anos, este governo nomeou mais de 14 mil servidores públicos aprovados em concurso público, número muito superior a qualquer gestão anterior.” Conforme o listão liberado pelo Banco do Brasil, a partir de uma ação proposta pelo defensor José Espínola da Costa, há codificados com salários de até R$ 20,8 mil (confira em baixo).

O secretário, então, ataca o Blog: “Isto não passa de sensacionalismo barato sobre um tema requentado. O fato é que este governo reduziu a quantidade de servidores que recebem por produtividade e impôs mecanismos de controle rigoroso para assegurar o cumprimento do serviço, coisa que não se registrava nas gestões passadas, quando “os codificados” foram realmente inventados, e ninguém poderia saber onde eles de fato trabalhavam (se trabalhavam), pois tratava-se de uma época em que ninguém dava muita manchete sobre o tema.”

A curiosidade é que o intrépido secretário não teve a mais impetuosidade para atacar o Banco do Brasil, responsável pelo listão. Afinal, as informações são de sua inteira responsabilidade, e o Blog apenas divulgou. Talvez o ínclito, preclaro e insigne secretário tenha algum tipo de trauma com instituições financeiras.

CONFIRA A RELAÇÃO LIBERADA PELO BANCO DO BRASIL…

Codificados Lista do BB jan2016

Codificados lista do BB jan2016b

SHARE
 
0
0
 

 

Ler 26 vezes
JR Esquadrias