Terça, 16 Maio 2017 14:27

Após saída conturbada da Arquidiocese, Dom Aldo deve prestigiar posse de Dom Delson

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Dom Aldo Pagotto denunciou ao mandato em meio a denúncias de pedofilia. Foto: Divulgação Dom Aldo Pagotto denunciou ao mandato em meio a denúncias de pedofilia. Foto: Divulgação

 

Religioso foi acusado de acobertar casos de pedofilia na Igreja

O arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, é esperado para a posse do seu sucessor na Arquidiocese da Paraíba, Dom Delson em João Pessoa. O religioso retornará a cidade de João Pessoa para uma atividade eclesial pela primeira vez desde que renunciou ao cargo, em 6 de junho do ano passado. Pagotto é acusado de ter acobertado casos de pedofilia na Igreja e de ter participado de orgias com jovens. As suspeitas são investigadas simultaneamente pelo Ministério Público do Trabalho, no que tange à exploração sexual de crianças e adolescentes, e pelo Ministério Público da Paraíba, que apura as acusações sob o ângulo criminal.

De acordo com fontes da Arquidiocese da Paraíba, a vinda do arcebispo emérito foi confirmada durante a última Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), realizada em Aparecida, em São Paulo. Ele teria comunicado a vinda e não requisitou hospedagem durante o período que estivesse em João Pessoa. A informação, porém, ainda não foi confirmada oficialmente pela Arquidiocese.  Foram convidados todos os bispos, arcebispos e arcebispos eméritos da Regional Nordeste II da CNBB, que inclui Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

Arquidiocese

Dom Delson exibe chave durante evento. Foto: Leonardo Silva

A orientação da Arquidiocese da Paraíba é que os fiéis não compareçam à posse canônica, na Catedral Basília. Todos os bancos serão reservados aos padres, bispos, arcebispos e arcebispos eméritos. Só de padres, na Arquidiocese da Paraíba, são esperados 100 padres. São aguardados também religiosos de Caicó (RN) e Campina Grande (PB), cidades onde Dom Delson exerceu o cargo de bispo. A posse vai ser dada pelo Núncio Apostólico no Brasil (representante do Papa), Dom Giovanni d’Aniello. É nesta Celebração que Dom Delson deixa de ser o Arcebispo nomeado/eleito para ser, oficialmente, agora empossado, o arcebispo Metropolitano da Paraíba.

A sugestão é que os fiéis compareçam à celebração no Ginásio de Esportes o Ronaldão, no bairro do Cristo, em João Pessoa. A missa será celebrada por Dom Delson, já na condição de Arcebispo da Paraíba. Católicos de todas as quase 100 Paróquias da Arquidiocese da Paraíba vão estar presentes, além de participantes de Associações, Movimentos, Pastorais e Serviços da Arquidiocese da Paraíba.

Desconforto

A vinda de Dom Aldo para a posse de Dom Delson é vista como constrangedora por vários religiosos paraibanos. Durante o período em que esteve à frente da Arquidiocese da Paraíba, o religioso colecionou inimigos por causa das suas posições. As acusações de envolvimento com casos de pedofilia também são vistas com desconforto por padres e diáconos que conviveram com o hoje arcebispo emérito. Em meio a uma série de denúncias enfrentadas pelo religioso, ele renunciou ao cargo através de carta enviada ao Papa Francisco. O lugar dele foi ocupado provisoriamente pelo administrador apostólico Dom Genival Saraiva de França.

Fonte:Blog Suetoni Souto Maior

Ler 492 vezes

PUBLICIDADE

JR Esquadrias