Notícias (1342)

A Fragata “Constituição”, da Marinha do Brasil (MB), estará aberta à visitação pública neste sábado (18) e domingo (19), das 14h às 18h, no Porto de Cabedelo-PB

 

Na ocasião, a população terá a oportunidade de conhecer uma das fragatas da MB, que está atuando na Operação Aspirantex-2020, a qual incluirá a 3ª Fase da Operação Amazônia Azul-Mar Limpo é Vida!

A Fragata “Constituição” foi construída na Inglaterra e incorporada à MB em 1978. O navio realizou inúmeras comissões, entre as quais se destacam: Unitas Gold (em 2009); Operação de Busca e Salvamento (SAR) do Voo Air France-447 (em 2009); Líbano-III (em 2012/2013); e Líbano-VI (em 2014/2015), como Capitânia da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL).

Operação Aspirantex-2020

A Marinha do Brasil (MB) realiza, no período de 9 de janeiro a 19 de fevereiro, a Operação ASPIRANTEX-2020, a qual inclui a 3ª Fase da Operação Amazônia Azul-Mar Limpo é Vida! A missão é realizada na área compreendida entre os Estados do Rio de Janeiro e Pará, sendo visitados os portos de Vitória-ES, Salvador-BA, Maceió-AL, Recife-PE, Cabedelo-PB, Natal-RN, Fortaleza-CE e Belém-PA.

A Operação terá fases de mar e de porto. Na fase de mar, diversos exercícios, de caráter estritamente militar, serão executados. As atividades são concernentes às tarefas básicas do Poder Naval, com ação de presença nas Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB) a fim de contribuir para a orientação dos Aspirantes do 2º ano da Escola Naval na escolha pelo Corpo e Habilitação Militar, assim como, familiarizá-los com a vida no mar. Já na fase de porto, os navios estarão abertos à visitação pública.

O Comandante da 1ª Divisão da Esquadra (ComDiv-1), Contra-Almirante Gilberto Santos Kerr, será o Comandante do Grupo-Tarefa, responsável por executar as atividades relacionadas a Aspirantex, que contará com a participação dos seguintes meios navais, aeronavais e Organizações Militares: Porta-Helicópteros Multipropósito Atlântico, Navio Doca Multipropósito Bahia, Navio de Desembarque de Carros de Combate Almirante Saboia, Fragata União, Fragata Constituição, Fragata Liberal, Navio-Tanque Almirante Gastão Motta, 1º e 3º Batalhão de Infantaria de Fuzileiros Navais, Grupamento de Mergulhadores de Combate, Submarino Tupi, além das aeronaves “Super Cougar” (UH-15), Seahawk” (SH-16), “Super Lynx” (AH-11B), “Esquilo” (UH-12), “Skyhawk” (AF-1), Carro Lagarta Anfíbio (CLAnf), e, pertencentes à Força Aérea Brasileira (FAB), “Bandeirante Patrulha” (P-95) e “Orion” (P-3AM).

A Aspirantex 2020 também envolve ações de apoio logístico aos Comandos Distritais dos portos visitados, e, caso necessário, o apoio aos Coordenadores Operacionais Regionais na execução de ações de resposta a incidentes de poluição por óleo no decorrer da 3ª Fase da Operação Amazônia Azul, Mar limpo é Vida!

Ao todo, participam da Operação cerca de 2900 militares, incluindo 244 Aspirantes, distribuídos pelos diversos navios participantes. Vale ressaltar que nos dias 17,18 19 e 25 e 26 de janeiro, durante a estadia dos navios nos portos visitados, haverá visitação pública, no período de 14 às 18 horas.

 

 

Fonte: Da Internet

 

 

Solto por força de um habeas corpus, o ex-governador está nas mãos dos ministros Dias Tofolli, presidente da Corte Suprema; também de Gilmar Mendes. A Procuradoria Geral da República quer sua volta urgente a cadeia.

Com medo de ser preso novamente, o ex-governador Ricardo Coutinho está gastando com o lucro a partir da instalação da organização criminosa, tendo a frente a Cruz Vermelha gaúcha, contratada pelo governo do socialista para operar no desvio de dinheiro público no setor da saúde.

Veja você, que o chefão da orcrim, conforme o Ministério Público, foi flagrado na noite do último domingo (5), supostamente em conversa com advogados no Shopping Casa Parque, em Brasília. Ricardo foi preso durante a 7ª fase da Operação Calvário/Juízo Final.

Ricardo teme voltar para o xilindró e tem usado todos recursos para evitar que aconteça de novo. Sem falar em sua preocupação com outros comparsas que estão presos, dentre eles o irmão Coriolano Coutinho. Ele atua em Brasília, porque o STF está para analisar o seu caso.

Solto por força de um habeas corpus, o ex-governador está nas mãos dos ministros Dias Tofolli, presidente da Corte Suprema; também de Gilmar Mendes. A Procuradoria Geral da República quer sua volta urgente a cadeia.

O STJ também, exceto o ministro Napoleão Nunes, que determinou a soltura o ex-governador, quer o retorno do ex de onde não deveria ter saído. 

 

Fonte:  Marcone Ferreira

 

João Azevêdo fez uma avaliação positiva de 2019 e destacou o foco na gestão para a garantia de bons resultados. “Nós teremos um 2020 de muitos compromissos, desafios e renovação para mostrar à sociedade da Paraíba todo o nosso potencial"

Durante a solenidade no Teatro Paulo Pontes, no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, o governador João Azevêdo realizou a prestação de contas das ações e obras realizadas pelo Governo do Estado, em 2019. Na ocasião, o gestor também anunciou investimentos de R$ 1,8 bilhão para o ano de 2020, que incluem concursos para o magistério, Porto de Cabedelo, Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

Na área de Turismo, o governador reforçou as iniciadas em relação para a construção do Centro de Convenções de Campina Grande, de resorts no Polo Turístico do Cabo Branco e da 3ª etapa do Parque Parahyba e realizada a ampliação da participação dos artesãos nos salões de João Pessoa e Campina Grande, resultando em investimentos de R$ 153 milhões.

Na cultura, será iniciada a implantação do museu da Paraíba no Palácio da Redenção, a realização de 12 festivais de cinema por todo estado, a ampliação das ações nas áreas de música, teatro, circo, dança, literatura, artes visuais, cinema e educação e a instituição do ano cultural Mestre Sivuca e da celebração do centenário Celso Furtado. Os investimentos somam R$ 23,4 milhões.

Na área da infraestrutura rodoviária, estão previstas a conclusão das obras da PB-383 – Lastro/divisa RN, PB-200 – Juazeirinho/Santo André e PB-087 – Pilões/entroncamento PB-085 (Serraria). Serão iniciadas as obras PB-151 – Picuí /Nova Floresta, PB-100 – Queimadas / Fagundes, PB-394 – entroncamento BR-230 – Engenheiro Avidos e PB-099 – Lagoa Seca – Puxinanã. Também serão iniciadas as travessias urbanas nas cidades de São Mamede, Alagoa Grande, Damião, Logradouro, Barra de Santa Rosa e Sousa, a Ponte das Pedrinhas, em Sousa, e o arco metropolitano leste de Campina Grande, bem como as obras do contorno de Bananeiras, recuperação da PB-323 (Catolé/Brejo do Cruz/São Bento/limite RN), a conclusão das três obras de mobilidade urbana de João Pessoa e iniciado o programa estradas da cidadania, contemplando comunidades de Pocinhos, Areia, São Francisco, Lagoa Seca, Santana dos Garrotes, Sapé, São João do Cariri e Alagoa Nova, totalizando recursos na ordem de R$ 178 milhões. Já R$ 37,6 milhões serão investidos na infraestrutura aeroviária, com o início da construção do novo aeroporto de Patos e implantação do balizamento noturno dos aeródromos de Sousa, Iitaporanga, Catolé do Rocha e Monteiro.

Em seu pronunciamento, João Azevêdo fez uma avaliação positiva de 2019 e destacou o foco na gestão para a garantia de bons resultados. “Nós teremos um 2020 de muitos compromissos, desafios e renovação para mostrar à sociedade da Paraíba todo o nosso potencial. O nosso Estado tem conseguido, por meio do esforço de toda uma equipe, resultados positivos. Esse é um momento de satisfação muito grande e essa é uma data simbólica em que a gestão assume o compromisso com a Paraíba de fazer com que o desenvolvimento seja real e continue mudando vidas de tantas pessoas”, comentou.

A solenidade foi prestigiada pela vice-governadora Lígia Feliciano; pela primeira-dama, Ana Maria Lins; parlamentares; prefeitos e auxiliares do Governo da Paraíba.

Redação com Secom Paraíba

 

Melhor para o Turista: Que será contemplado com mais  folga! E terá 11 feriados nacionais em dias de semana em 2020    

 

O ano de 2020 promete mais dias de descanso do que 2019. Dos 12 feriados nacionais, 11 caem em dias de semana e dez podem ser emendados com sábados e domingos. A lista não inclui os feriados estaduais e feriados municipais.

As exceções aos feriados colados ao fim de semana são 1º de janeiro (Confraternização Universal), caindo em uma quarta-feira; 21 de abril (Tiradentes), que será em uma terça-feira e o Corpus Christi (11 de junho), que sempre cai às quintas-feiras 60 dias após a Páscoa.

Páscoa e carnaval são feriados alongados em todos os anos. A Paixão de Cristo (sexta-feira) será no dia 10 de abril. A segunda-feira e a terça-feira de carnaval cairão nos dias 24 e 25 de fevereiro, respectivamente.

Além desses dias, os brasileiros poderão emendar com o fim de semana o Dia do Trabalho (1º de maio) que cai numa sexta-feira, assim como o Natal (25 de dezembro).

Para quem não gosta das segundas-feiras, a boa notícia é que os feriados da Independência do Brasil ( 7 de setembro ), de Nossa Senhora Aparecida ( 12 de outubro ) e de finados ( 2 de novembro ) cairão nesse dia da semana .

Com tanto feriado, há quem preveja perdas econômicas. “O varejo nacional deve deixar de faturar R$ 11,8 bilhões em 2020 por causa de feriados nacionais e pontes ao longo do ano. O total é 53% maior do que a perda prevista para 2019, de R$ 7,6 bilhões”, calcula a Federação do Comércio de São Paulo.

Outros setores de atividade econômica festejam como é o caso do turismo. “No ano passado, os feriados prolongados resultaram em 13,9 milhões de viagens, que injetaram R$ 28,84 bilhões na economia brasileira”, soma o Ministério do Turismo (MTur).

Segundo a pasta. “o feriado de [1º de] maio movimentou [em 2019] R$ 9 bilhões na economia e resultou em 4,5 milhões de viagens. Já o 12 de outubro foi um dos mais movimentados do ano com a realização de 3,24 milhões de viagens dom ésticas e impacto econômico de R$ 6,7 bilhões nos destinos visitados”. O MTur ainda não fez projeção do impacto dos feriados de 2020 em venda de passagens, hospedagens e passeios.

O ano que começa é ano bissexto e, portanto, tem um dia a mais, mas esse não descontará as folgas proporcionadas pelos feriados nos dias de semana. O dia 29 de fevereiro cairá em um sábado. 

Matéria de Internet  com redação

 


Hulk reafirma que o novo relacionamento - com Camila Ângelo, sobrinha de Iran - não tem nenhuma relação com a separação litigiosa que já vinha desde agosto.

Depois de muitas especulações sobre como teria se dado o fim do casamento de Hulk Paraíba e Iran Ângelo, o jogador, por meio de sua assessoria, revelou à Coluna do Leo Dias tudo que ofereceu à ex-mulher para que o casamento terminasse de forma amigável. Ele diz ter depositado mais de R$ 100 milhões e deixado Iran escolher metade dos 80 imóveis de propriedade dele. "A decisão de separação litigiosa aconteceu em agosto.

A separação foi em julho. Hulk chamou Iran e disse que daria a ela tudo que ela tem direito. Mostrou suas contas bancárias (extratos) e transferiu para a conta dela mais de 100 milhões de reais. Tudo isso está documentado. Registrado. E assinado. Hulk colocou na mesa.

Além de não aceitar o acordo, Iran teria passado a criar dificuldades para que Hulk pudesse ver os filhos. Eles têm três filhos, Ian, Tiago e Alice, frutos da união de 12 anos do ex-casal. "Ele teve que entrar na Justiça para que pudesse determinar as datas que ele pudesse ficar com os filhos", afirmou a assessoria do jogador, que contou ainda que os três filhos passaram o Natal com o atleta após determinação da Justiça.

Por fim, a assessoria de Hulk reafirma que o novo relacionamento - com Camila Ângelo, sobrinha de Iran - não tem nenhuma relação com a separação litigiosa que já vinha desde agosto. "Tudo isso foi antes do início do relacionamento de Hulk com Camila, que começou...

 

Fonte: tvefamosos.uol

O polêmico ator está sendo monitorado há dois meses pela Justiça do Rio de Janeiro

                                                                                                                                           Dado  Dolabella está sendo monitorado há dois meses pela Justiça do Rio de Janeiro por meio de uma tornozeleira eletrônica . Isso porque, o ator está cumprindo pena em prisão domiciliar por ter xingado a ex-mulher, Viviane Sarahyba, e por danificar um carro durante uma discussão que aconteceu em 2010.

Segundo informações do jornal Extra , Dado Dolabella colocou a tornozeleira em 19 de outubro, data em que começou a cumprir pena estimada em dois meses e quinze dias de reclusão. Como está em prisão domiciliar , o ator só pode deixar de casa para trabalhar e deve ficar na residência das 22h às 6h de segunda a sexta-feira. Nos fins de semana, ele também não pode sair, a não ser que seja para trabalhar. 

A advogada de Dado, Giselle Senges, foi procurada  , mas não explicou por que seu cliente demorou para colocar o equipamento, já que a pena foi definida em julho, e também não disse se tem uma previsão de quando ele irá tirar a tornozeleira. A Defensoria Pública chegou a fazer a defesa do ator e, em agosto, pediu uma prescrição da pena, mas a Justiça negou. 

 

Fonte: Portal meionorte

 

Em Brasília o presidente da Colônia de Pescadores  André Vidal  Negreiros/PB - FUMACINHA defendeu  projetos para a categoria  

 

O auxílio emergencial concedido a 65.983 pescadores profissionais artesanais de áreas afetadas pela mancha de óleo no litoral brasileiro começa a ser pago na próxima segunda-feira (16). O pagamento segue o calendário de escalonamento dos benefícios sociais, que define o dia do saque conforme o final do Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário.

O pagamento será feito pela Caixa entre os dias 16 e 23 de dezembro.

Veja o calendário

Os pagamentos podem ser realizados de acordo com o calendário de escalonamento dos benefícios sociais, conforme segue:

 

Os pescadores poderão retirar o dinheiro com o cartão social em qualquer canal da Caixa, como casas lotéricas, terminais de autoatendimento e correspondentes Caixas Aqui. Os que não têm o cartão poderão sacar em qualquer agência do banco com a apresentação de documento de identificação com foto. 

A Caixa disponibiliza atendimento aos beneficiários por meio do telefone 0800-726-0207, para informações referentes aos pagamentos.

O auxílio emergencial pecuniário foi criado pela Medida Provisória nº 908/2019 e beneficia pescadores que atuam em municípios dos nove estados do Nordeste, do Rio de Janeiro e do Espírito Santo atingido pelo vazamento de óleo. O profissional precisa estar inscrito no Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP), em situação ativa nas categorias peixes, crustáceos, moluscos e outros, que atuam em área estuarina ou marinha.

O auxílio emergencial corresponde ao valor total de R$ 1.996, que será dividido e pago em duas parcelas de R$ 998. Esse benefício não interfere no recebimento do seguro-defeso pelos pescadores conforme legislação específica.

Pescadores profissionais artesanais

São considerados pescadores profissionais artesanais aquelas pessoas físicas que exercem a pesca com fins comerciais de forma autônoma ou em regime de economia familiar.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) encaminhou a relação dos pescadores ativos no sistema do RGP baseada na lista de municípios atingidos pelo óleo, conforme mapeamento do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), ao Ministério da Cidadania que fará o pagamento dos beneficiários via Caixa Econômica Federal. Os pescadores que se encontram suspensos ou cancelados no sistema do RGP não terão direito ao benefício.

Os pagamentos seguem o calendário de escalonamento dos benefícios sociais, como o Bolsa Família, que estipula o dia do saque conforme o final do Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário, de acordo com a tabela abaixo:

Auxílio Emergencial Pecuniário
Auxílio Emergencial Pecuniário – Caixa
 

Os trabalhadores poderão sacar os valores, utilizando o cartão social, em qualquer canal da Caixa, como casas lotéricas, terminais de autoatendimento e correspondentes Caixa Aqui. Quem não tem o cartão poderá sacar em qualquer agência do banco com a apresentação de documento de identificação com foto

Abaixo a relação por número de RGP dos beneficiários, dividida por estado:

Alagoas

Bahia

Ceará

Espírito Santo

Maranhão

Paraíba

Pernambuco

Rio Grande do Norte

Rio de Janeiro

Piauí

Sergipe

 

 

Morador da comunidade do Vidigal, que não quis se identificar, disse que Rodrigo teria se envolvido em uma briga na semana passada e que a morte teria sido motivada pela revanche

Morreu na última segunda, dia 9, o dançarino Rodrigo Motta, de 28 anos, que ficou conhecido por participar do clipe "Vai malandra", de Anitta. A família confirmou a morte, mas ainda não divulgou informações sobre o velório. Rodrigo, que também era bartender no Bar da laje, do Vidigal, foi assassinado e ainda não há mais informações sobre o caso.

"É com enorme pesar que venho informar o falecimento do meu irmão hoje pela manhã. Logo informarei o dia e horário do velório para as últimas homenagens", escreveu Márcio Motta, irmão do modelo.

Morador da comunidade do Vidigal, que não quis se identificar, disse que Rodrigo teria se envolvido em uma briga na semana passada e que a morte teria sido motivada pela revanche. O bartender teria levado um tiro no pé e na perna, seguido de agressões. Levado para o hospital, Rodrigo não resistiu.

 

No trabalho com a "Poderosa", Rodrigo aparecia passando óleo na mulherada, que usavam biquínis de fita isolante, e ele foi elogiado pelo corpo malhado. Depois da participação, o dançarino viu propostas de trabalhos como modelo aumentarem: "Está bombando, mas sigo trabalhando no Bar da Laje", disse ao EXTRA, na época.

Erika Bronze, que estreitou laços com Rodrigo durante as gravações do clipe, ficou abalada com a notícia:

— Essa notícia me deixou muito triste. O Rodrigo era um menino trabalhador, cheio de vida e sonhos, ele sempre corria atrás das coisas dele, trabalhava de barmen, trabalhava na praia... Na última vez que o vi, estávamos no quiosque, ele lá ralando, focado... É muito triste. Vai ficar na memória o que vivemos no dia da gravação. Rodrigo conquistou o coração de todo mundo — diz a empresária.Nas redes sociais, amigos prestaram homenagens ao modelo.

"Meu maninho, não estou acreditando que nunca mais poderei te abraçar. Não era para ser assim. Você respirava alegria, felicidade, sempre fomos fortes e juntos no melhor e na pior. Você foi um irmão que a vida me deu de gaça. E hoje você se foi, mas o seu sorriso vai ficar em nossos corações para sempre. Ainda ontem comentou na foto que eu postei falando que me amava e nem deu tempo de eu responder antes de terem tirado sua vida. Que dor, que ódio", escreveu o MC Francês.

 

Fonte: portal meionorte

“Estou super feliz com esse título, tão especial na minha vida, que receberei na Câmara Municipal de João Pessoa” 

Daniel Rodrigues de Lacerda Nunes, contador, empresário e fundador da Rede Nord Hotéis, casado com a também empresária Patrícia Cantalice, receberá o Título de Cidadão Pessoense,  nesta quinta-feira, 28, às 16 horas, no plenário Senador Humberto Lucena na Câmara Municipal de João Pessoa, numa propositura do vereador Bruno Farias.

Daniel Rodrigues, ou Daniel da Rede Nord, como é mais conhecido por todos, há 17 anos está no ramo hoteleiro paraibano, mas especificamente no litoral da Grande João Pessoa, administrando a Rede Nord Hotéis, com diversos equipamentos hoteleiros espalhados, principalmente, nas orlas marítimas de Tambaú e Cabo Branco.

“Estou super feliz com esse título, tão especial na minha vida, que receberei na Câmara Municipal de João Pessoa”, foi assim que ele reagiu ao receber a notícia da outorga da cidadania pessoense, aprovada em abril deste ano, mas que será outorgado nesta quinta-feira..

Começou como empregado, mas ainda jovem, aos 25 anos, em 2002 se tornou empreendedor, entrando definitivamente no mercado como empresário, tendo atualmente mais de dez hotéis, sob sua administração na Paraíba, sendo oito em João Pessoa, um em Conde, outro em Campina Grande e um em Patos.

“Muita gente pensa que a Nord é detentora de todos esses hotéis, mas na realidade nós fazemos a parte administrativa deles, desde a contabilidade às vendas”, revelou Daniel Rodrigues.

A Nord é a maior rede de hotéis a beira mar do Brasil. Especializada na administração, comercialização e gestão de hotéis e flats em todo território nacional. O Grupo Nord oferece serviços de excelência e por isso conta com profissionais qualificados, com anos de experiência, que trabalham para proporcionar resultados duradouros e sólidos aos investidores e aos hóspedes.

 Atualmente, o grupo possui hotéis em várias regiões da Paraíba, dentro de quatro marcas: Nord Luxxor, Nord Life, Nord Class e Nord Easy. A rede tem o hotel certo tanto para quem viaja a negócios, como para quem deseja descansar e conhecer os pontos turísticos da Paraíba.

Novos desafios – Mas o empresário Daniel Rodrigues não para quieto, como diz o nordestino. Este ano ele decidiu enveredar pelo amo do entretenimento e entrou em uma sociedade com um grupo que investiu no Projeto Folia de Rua, o maior projeto de pré-carnaval do Brasil, trazendo para as ruas de João Pessoa o Bloco Vumbora, animado pelo cantor baiano Bell Marques, que há cerca de 15 anos não subia em um trio elétrico.

Como um verdadeiro Midas (Rei Grego que em tudo que tocava virava ouro), o projeto encampado pelo Daniel da Nord foi um sucesso estrondoso, levando milhares de foliões às ruas da Epitácio Pessoa até o Busto de Tamandaré, dançando e cantando os sucesso da Axé Music. O sucesso foi tanto que em 2020 o Vumbora estará de volta e metade dos ingressos promocionais, colocados à venda, este mês, já foram vendidos rapidamente.

Daniel Rodrigues, o Lorde da Rede Nord, contribui com a geração de empregos na Paraíba e recebe o Título de Cidadão Pessoense pelos reais serviços prestados à população pessoense, melhorando o serviço hoteleiro para quem vem visitar a cidade e trazendo turistas para conhecer e se divertir, trazendo divisas para a Capital paraibana.

Redação com Blog Vanderlan Farias

“Estou super feliz com esse título, tão especial na minha vida, que receberei na Câmara Municipal de João Pessoa” 

Daniel Rodrigues de Lacerda Nunes, contador, empresário e fundador da Rede Nord Hotéis, casado com a também empresária Patrícia Cantalice, receberá o Título de Cidadão Pessoense,  nesta quinta-feira, 28, às 16 horas, no plenário Senador Humberto Lucena na Câmara Municipal de João Pessoa, numa propositura do vereador Bruno Farias.

Daniel Rodrigues, ou Daniel da Rede Nord, como é mais conhecido por todos, há 17 anos está no ramo hoteleiro paraibano, mas especificamente no litoral da Grande João Pessoa, administrando a Rede Nord Hotéis, com diversos equipamentos hoteleiros espalhados, principalmente, nas orlas marítimas de Tambaú e Cabo Branco.

“Estou super feliz com esse título, tão especial na minha vida, que receberei na Câmara Municipal de João Pessoa”, foi assim que ele reagiu ao receber a notícia da outorga da cidadania pessoense, aprovada em abril deste ano, mas que será outorgado nesta quinta-feira..

Começou como empregado, mas ainda jovem, aos 25 anos, em 2002 se tornou empreendedor, entrando definitivamente no mercado como empresário, tendo atualmente mais de dez hotéis, sob sua administração na Paraíba, sendo oito em João Pessoa, um em Conde, outro em Campina Grande e um em Patos.

“Muita gente pensa que a Nord é detentora de todos esses hotéis, mas na realidade nós fazemos a parte administrativa deles, desde a contabilidade às vendas”, revelou Daniel Rodrigues.

A Nord é a maior rede de hotéis a beira mar do Brasil. Especializada na administração, comercialização e gestão de hotéis e flats em todo território nacional. O Grupo Nord oferece serviços de excelência e por isso conta com profissionais qualificados, com anos de experiência, que trabalham para proporcionar resultados duradouros e sólidos aos investidores e aos hóspedes.

 Atualmente, o grupo possui hotéis em várias regiões da Paraíba, dentro de quatro marcas: Nord Luxxor, Nord Life, Nord Class e Nord Easy. A rede tem o hotel certo tanto para quem viaja a negócios, como para quem deseja descansar e conhecer os pontos turísticos da Paraíba.

Novos desafios – Mas o empresário Daniel Rodrigues não para quieto, como diz o nordestino. Este ano ele decidiu enveredar pelo amo do entretenimento e entrou em uma sociedade com um grupo que investiu no Projeto Folia de Rua, o maior projeto de pré-carnaval do Brasil, trazendo para as ruas de João Pessoa o Bloco Vumbora, animado pelo cantor baiano Bell Marques, que há cerca de 15 anos não subia em um trio elétrico.

Como um verdadeiro Midas (Rei Grego que em tudo que tocava virava ouro), o projeto encampado pelo Daniel da Nord foi um sucesso estrondoso, levando milhares de foliões às ruas da Epitácio Pessoa até o Busto de Tamandaré, dançando e cantando os sucesso da Axé Music. O sucesso foi tanto que em 2020 o Vumbora estará de volta e metade dos ingressos promocionais, colocados à venda, este mês, já foram vendidos rapidamente.

Daniel Rodrigues, o Lorde da Rede Nord, contribui com a geração de empregos na Paraíba e recebe o Título de Cidadão Pessoense pelos reais serviços prestados à população pessoense, melhorando o serviço hoteleiro para quem vem visitar a cidade e trazendo turistas para conhecer e se divertir, trazendo divisas para a Capital paraibana.

Redação com Blog Vanderlan Farias

Pagina 1 de 96

PUBLICIDADE

JR Esquadrias