Notícias (1256)

A empresa que mais faturou com veículos locados este ano foi a M3 Rent A Car Locadora De Veículos Ltda, que recebeu R$ 624.397,63 neste primeiro semestre.

 

O contribuinte paraibano está pagando não apenas pelo aluguel dos veículos oficiais que servem à Assembleia Legislativa da Paraíba, mas até as infrações de trânsito estão incluídas nos gastos. A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) gastou somente até o mês de julho deste ano, segundo dados do Sistema Sagres do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE), R$ 1.248 milhão com locação de veículos e serviços de abastecimento da frota. Os dados nos empenhos não informam a quantidade de veículos que estão sendo locados com os valores pagos pela ALPB. 

No ano passado, esses gastos com locações, combustíveis e multas de trânsito superaram os R$ 2,7 milhões de reais. 

A empresa que mais faturou com veículos locados este ano foi a M3 Rent A Car Locadora De Veículos Ltda, que recebeu  R$ 624.397,63 neste primeiro semestre. Em seguida, o maior gasto nesse campo de transporte foi com a Maxifrota Servicos De Manut Frota Ltda, que levou R$ 333.655,08 para serviços de abastecimento.     

Na sequência vem a Localiza Rent A Car Sa, com R$ 170.334,67, e a Talentos Locadora De Veiculos Ltda Me, R$ 119.919,34. A Nutricash Servicos Ltda, empresa que faz o serviço de abastecimento, este ano recebeu apenas R$ 58.435,10.

Já no ano passado, a mesma empresa, Nutricash Servicos Ltda, recebeu da Assembleia R$ 738.526,11 para pagamento de despesa referente a serviço de abastecimento de combustível. Em 2017, a Assembleia pagou à Localiza Rent A Car Sa um total de R$ 458.406,52 e à M3 Rent A Car Locadora De Veiculos Ltda, R$ 1.474.060,93. A Talentos Locadora De Veiculos Ltda Me recebeu o menor valor, R$ 83.820,00. 

Os pagamentos às empresas de locação de veículos incluem até valores de multas por causa de infrações de trânsito sofridas "por veículo utilizado por esta assembleia". Confira:  

 

 

 

 

 

 

2018      

Localiza Rent A Car Sa    - R$ 170.334,67

M3 Rent A Car Locadora De Veiculos Ltda   -   R$ 624.397,63

Maxifrota Servicos De Manut Frota Ltda   -   R$ 333.655,08 

Talentos Locadora De Veiculos Ltda Me     - R$ 119.919,34

Nutricash Servicos Ltda    - R$ 58.435,10

 

2017       

Localiza Rent A Car Sa    - R$ 458.406,52

M3 Rent A Car Locadora De Veiculos Ltda     -  R$ 1.474.060,93

Talentos Locadora De Veiculos Ltda Me   -   R$ 83.820,00

Nutricash Servicos Ltda    - R$ 738.526,11

 

Fonte: ClickPB

 

 

 O homem suspeito do crime foi preso em flagrante e levado para a superintendência da Polícia Federal na cidade mineira. 

Por Jornalista André Moura/Meionorte


O candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, levou uma facada na região do tórax durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG), segundo informações da PM, por volta de 15h40 desta quinta-feira, 6. Um suspeito foi preso.

No momento da confusão, Bolsonaro estava sendo carregado nos ombros por um apoiador de sua campanha, fazendo corpo a corpo com eleitores, na região do Parque Halfald. Enquanto ele acenava para os simpatizantes de sua candidatura, uma pessoa se aproximou dele e, supostamente, deu uma facada no presidenciável.

 

 Bolsonaro em hospital em Juiz de Fora

De acordo com um dos filhos de Bolsonaro, o deputado estadual Flavio Bolsonaro, o ferimento foi superficial e o candidato passa bem. Em entrevista à GloboNews, ele afirmou que o pai levou seis pontos.

O presidenciável foi levado para a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora. O hospital não informou o estado de saúde do candidato.Há suspeita de lesão no fígado e na alça intestinal.

O suspeito de ter dado a facada foi identificado pela PM como Adélio Bispo de Oliveira. Segundo informações da polícia, ele foi espancado e está muito machucado.

 

Acusado de esfaquear Jair Bolsonaro
Acusado de esfaquear Jair Bolsonaro
l Bolsonaro em hospital em Juiz de Fora
Bolsonaro em hospital em Juiz de Fora

 

 

 

De acordo com um dos filhos de Bolsonaro, o deputado estadual Flavio Bolsonaro, o ferimento foi superficial e o candidato passa bem. Em entrevista à GloboNews, ele afirmou que o pai levou seis pontos.

O presidenciável foi levado para a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora. O hospital não informou o estado de saúde do candidato.Há suspeita de lesão no fígado e na alça intestinal.

No mês de agosto, atracaram no Porto de Cabedelo sete navios procedentes dos Estados Unidos, Argentina, Salvador (BA), Suape (PE) e Maceió (AL) para descarga de coque de petróleo (petcoke), gasolina, diesel, trigo e bentonita

O Porto de Cabedelo registrou mais um mês de crescimento na movimentação de cargas. No mês passado, o crescimento foi de 98% em relação a julho de 2017 e agora em agosto foram movimentadas 112.517 toneladas de cargas no terminal paraibano, enquanto que no mesmo mês do ano passado, foram movimentadas 72.546 toneladas, o que representa um aumento de 55,10%.

No mês de agosto, atracaram no Porto de Cabedelo sete navios procedentes dos Estados Unidos, Argentina, Salvador (BA), Suape (PE) e Maceió (AL) para descarga de coque de petróleo (petcoke), gasolina, diesel, trigo e bentonita. Somente em derivados de petróleo (gasolina e diesel), o Porto movimentou 47.927 toneladas, e ainda 30.642 de petcoke, 15.900 de trigo e 18.048 de bentonita.

Para o mês de setembro, já existe a previsão para chegada de cinco navios com trigo, gasolina e petcoke.

No acumulado do ano, o Porto de Cabedelo já registra uma movimentação de 815.645 toneladas. Em todo ano passado, foram movimentadas 1.048.072, o que indica que mais uma vez o Porto deve registrar crescimento em suas operações no balanço anual.

 

Fonte: Da Internet

 


TAGS

 

O listão liberado pelo Banco do Brasil, a partir de uma ação proposta pelo defensor José Espínola da Costa, há codificados com salários de até R$ 20,8 mil (confira em baixo).

O Governo do Estado tachou a publicação do listão dos codificados, liberado pelo Banco do Brasil após decisão judicial, como “sensacionalismo barato” do Blog. Segundo o secretário Luís Torres (Comunicação), não existe 21 mil servidores dito codificados, conforme a relação veiculada, mas “apenas” cerca de oito mil.

Em entrevista ao portal PB Agora (https://goo.gl/Etvkd4), o secretário afirmou: “É importante dizer ainda que o número de quem recebe atualmente por produtividade na Saúde do Estado não chega nem perto do que foi, equivocadamente, anunciado.  Existem aproximadamente oito mil servidores nesta situação. Não 21 mil, como se tenta passar. Tais dados, inclusive, atualmente, são mensalmente repassados ao Tribunal de Contas do Estado para acompanhamento e comprovação.”

E ainda: “Os maiores salários, por sua vez, são resultado da produtividade e de plantões de médicos, cujos oposicionistas, vez por outra, dizem que ganham mal neste Estado. O resto é desespero de quem não consegue decodificar os altos índices de aprovação desta gestão e sabe que, ao longo destes oito anos, este governo nomeou mais de 14 mil servidores públicos aprovados em concurso público, número muito superior a qualquer gestão anterior.” Conforme o listão liberado pelo Banco do Brasil, a partir de uma ação proposta pelo defensor José Espínola da Costa, há codificados com salários de até R$ 20,8 mil (confira em baixo).

O secretário, então, ataca o Blog: “Isto não passa de sensacionalismo barato sobre um tema requentado. O fato é que este governo reduziu a quantidade de servidores que recebem por produtividade e impôs mecanismos de controle rigoroso para assegurar o cumprimento do serviço, coisa que não se registrava nas gestões passadas, quando “os codificados” foram realmente inventados, e ninguém poderia saber onde eles de fato trabalhavam (se trabalhavam), pois tratava-se de uma época em que ninguém dava muita manchete sobre o tema.”

A curiosidade é que o intrépido secretário não teve a mais impetuosidade para atacar o Banco do Brasil, responsável pelo listão. Afinal, as informações são de sua inteira responsabilidade, e o Blog apenas divulgou. Talvez o ínclito, preclaro e insigne secretário tenha algum tipo de trauma com instituições financeiras.

CONFIRA A RELAÇÃO LIBERADA PELO BANCO DO BRASIL…

Codificados Lista do BB jan2016

Codificados lista do BB jan2016b

SHARE
 
0
0
 

 

 

 

Em menos de 48 h, quatro alunos do Centro de Informática (CI) foram assaltados a poucos metros da entrada da unidade Acadêmica

Primeiro foi um estudante de Engenharia da Computação do CI, assaltado, anteontem, pela manhã, por dois jovens que se encontravam em uma moto. Um deles, com arma em punho, obrigou o aluno a entregar o celular. O fato ocorreu na estrada de acesso ao campus e foi testemunhado por alguns estudantes que estavam no pátio do estacionamento da universidade.

Hoje, no mesmo local, por volta das 10h, três estudantes foram abordados por uma dupla de assaltantes, que também utilizava moto como meio de transporte. Um dos assaltantes apontou uma pistola de cor preta para os alunos e tomou os celulares. As vítimas são alunos do Curso de Ciência da Computação do CI e estavam a pé.

Todas as ocorrências foram registradas na Delegacia de Mangabeira. As vítimas foram acompanhadas, nos dois casos, pelo diretor do CI, Hamilton Soares.

DEMANDAS À REITORIA DA UFPB E AO PODER PÚBLICO NÃO SÃO ATENDIDAS

Os quatro casos relatados não são os únicos. A Insegurança no campus da UFPB, em Mangabeira, é velha conhecida. os alunos são vítimas de assaltos frequentes na estrada de acesso à universidade. 
Vários casos já foram registrados, desde que a Unidade Acadêmica Lynaldo Cavalcante foi inaugurada, há mais de cinco anos. As maiores vítimas são estudantes que chegam à universidade por meio de transporte coletivo.

No trecho entre a parada de ônibus, nas proximidades da Honda, no Distrito Industrial de Mangabeira, até o portão de entrada da universidade, a segurança pública é muito falha. Raramente vê-se uma ronda policial percorrendo a área, havendo apenas a vigilância interna do campus, que é contratada para garantir a integridade do patrimônio público.

A estrada, que também dá acesso ao Rio do Cabelo, é bastante esburacada, dificulta o acesso dos veículos ao campus e é conhecida como uma das rotas de tráfico de drogas.

A direção do Centro de Informática, junto com a comunidade universitária, já fez gestões à Prefeitura de João Pessoa e à reitora Margareth Diniz , solicitando providências para melhorar o acesso ao local e também a adoção de novas medidas de segurança.

Ofícios da direção do CI foram encaminhados, em maio deste ano, à Prefeitura da capital, reivindicando mais iluminação na área, aumento das linhas de transporte coletivo transitando na via que margeia o campus de Mangabeira, com instalação de paradas de ônibus no local, visando dar maior segurança à comunidade que depende do transporte coletivo.

Além de relatar a iluminação precária, a comunidade também reivindicou, em ofícios ao município, a necessidade de implantação de faixas de pedestre no trecho que dá acesso à instituição.

Todas essas demandas também têm sido feitas, reiteradas vezes, à reitora Margareth Diniz , pela direção do CI, há vários anos. Uma das mais recorrentes demandas à Reitoria, Prefeitura Universitária e Prefeitura de João Pessoa é a pavimentação da estrada, por onde circula uma comunidade de mais de 1.500 pessoas, diariamente.

Uma reivindicação antiga e muito importante, mas que ainda aguarda a boa vontade da gestão da Reitoria, é a transferência do portal de entrada do campus para a parte alta do terreno, próximo à empresa Honda, o que deixaria a comunidade menos vulnerável à ação dos bandidos e também permitiria um maior fluxo de coletivos, com parada próxima ao portal de acesso.

Em reunião que teve com a comunidade universitária, em 04 de maio deste ano, na direção do CI, o secretário do Orçamento Participativo Municipal, Francisco José , assumiu, perante os participantes, o compromisso de trabalhar para que a pavimentação do trecho seja agilizada no âmbito da administração municipal, reconhecendo a importância dessa obra para a comunidade universitária.

Ele disse que não pouparia esforços para dar andamento a essa solicitação, assegurando, inclusive, que iria se empenhar para que o levantamento dos custos da obra e o projeto como um todo fossem finalizados o mais breve possível. Adiantou que existe uma maior probabilidade de que a pavimentação aconteça no próximo ano, com recursos definidos pelo Orçamento Participativo Municipal de 2019.

As reivindicações apresentadas à Secretaria do Orçamento Participativo Municipal também foram formalizadas à Secretaria de Infraestrutura da capital, em visita do diretor do CI, Hamilton Soares, e do vice-diretor, Lucídio Cabral, em maio deste ano, ao titular da Pasta, Cássio Andrade.

A imagem pode conter: nuvem, céu, árvore, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: atividades ao ar livre

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do CI

Bruna Marquzine e Isabelle Drummond: ex-amigas Foto: reprodução/instagram
 

Não são apenas os anônimos que têm suas tretas com os amigos quase irmãos. No mundo dos famosos, as brigas e disputas são tão afiadas quanto na vida de qualquer um de nós. Gente que jurava amor eterno, amor verdadeiro à amiguinha ou amiguinho hoje troca farpa até pelas redes sociais. No Dia do Amigo, relembramos algumas dessas rusgas entre migas e migos, sua louca e torcemos para que a galerinha queira ficar em paz.

 

Bruna Marquezine e Isabelle Drumond
Bruna Marquezine e Isabelle Drumond Foto: divulgação

 

Bruna Marquezine e Isabelle Drummond

As duas galgaram os degraus da difícil carreira artística juntas. Desde os tempos de “O Sítio do Pica-pau Amarelo”. Depois fizeram teatro, cada uma seguiu seu rumo cênico até surgir um certo Tiago Iorc. Namorado de Isabelle, o cantor chamou Marquezine para gravar um clipe ousado. “Amei te ver” era a música. Na mesma semana em que foi gravado, Isabelle e Iorc terminaram. Ninguém até hoje admite a treta, mas pelo sim ou pelo não as atrizes sequer se seguem no Instagram.

 

Bruna Marquezine teria sido o pivô do término de Tiago Iorc e Isabelle Drummond
Bruna Marquezine teria sido o pivô do término de Tiago Iorc e Isabelle Drummond Foto: reprodução/instagram

 

Belo e Denilson

O pagodeiro e o ex-jogador de futebol eram amigões. Até que Denilson investiu no Soweto, grupo de pagode do qual Belo era líder. Só que na mesma época, o marido de Gracyanne Barbosa saiu para seguir carreira solo. Resultado: o grupo naufragou e Denilson cobra até hoje sua grana. Pelas redes sociais mesmo ele chama o ex-amigo de caloteiro.

 

Denilson e Belo: jogador quer receber dinheiro
Denilson e Belo: jogador quer receber dinheiro Foto: reprodução/instagram

 

Xuxa e Marlene Mattos

Uma não podia respirar sem a outra. Criadora e criatura, Xuxa e Marlene eram inseparáveis na profissão e na vida. Muitos dizem que a Rainha dos Baixinhos só existiu por conta da empresária e diretora mãos de ferro. Marlene é, inclusive, madrinha de Sasha. Uma briga, um rompimento, cada uma para o seu lado... Hoje nem uma nem a outra quer falar sobre o assunto.

 

Xuxa e Marlene Mattos
Xuxa e Marlene Mattos Foto: reprodução/instagram

 

Paris Hilton e Nicole Ritchie

Amigas de infância, estrelaram um reality show juntas, fizeram o maior sucesso com a futilidade de seus mundos abastados e numa das gravações se desentenderam e nunca mais se falaram.

 

Paris Hilton e Nicole Ritchie
Paris Hilton e Nicole Ritchie Foto: reprodução/instagram

 

Madonna e Gwineth Paltrow

A cantora e a atriz eram melhores amigas e sempre apareciam juntas em eventos em jantares. Há dez anos, no entanto, elas se desentenderam e nunca mais se falaram. Os motivos da suposta briga nunca foram esclarecidos por nenhuma das famosas. Mas dizem que a atriz se tornou tão obcecada por Madonna que a diva não aguentou e colocou a moça no modo soneca.

 

Madonna e Gwineth Paltrow
Madonna e Gwineth Paltrow Foto: reprodução/instagram

 

Cauã Reymond e Bruno Gagliasso

O estresse estre os galãs chegou ao ponto de ocorrer bate-boca e empurrões ente eles durante a novela “Cordel encantado”. Mas o sururu mesmo é coisa antiga. Ao que tudo indica, os atores já tinham seus problemas desde que fizeram “Passione”.

 

Cauã Reymond e Bruno Gagliasso
Cauã Reymond e Bruno Gagliasso Foto: divulgação

 

Britney Spears e Cristina Aguilera

As duas eram praticamente irmãs na época em que atuavam juntas no “Clube do Mickey”. A disputa de egos falou mais alto quando se tornaram estrelas da música pop, e Britney teria ficado bem chateada de após dois anos sem uma troca de "oi, sumida", Aguilera encontrá-la numa festa e tentar dar um beijo em sua boca.

 

Britney Spears e Cristina Aguilera
Britney Spears e Cristina Aguilera Foto: reprodução/instagram

 

Pedro Cardoso e Guta Stresser

Os atores eram o casal Agostinho e Bebel em “A grande família”. Trabalharam juntos por anos a fio até o ator sugerir que a colega chegava para gravar bêbada. Climão!

 

Guta Stresser e Pedro Cardoso
Guta Stresser e Pedro Cardoso Foto: reprodução/instagram

 

Ana Hickmann e Cris Flôres

A dupla trabalhou junta e parecia superunida. Mas começaram a se estranhar nos bastidores do programa que apresentavam. Até que o marido de Ana, Alexandre, andou falando o que não devia e disse que Cris não agradecia o tanto que a loira fez por ela. Xi...

 

Ana Hickmann e Cris Flôres
Ana Hickmann e Cris Flôres

 

Juju Salimeni e Nicole Bahls

As duas começaram como panicats e tudo parecia muito bem enquanto dançavam no palco do “Pânico”. Mas cada uma passou a ganher seu próprio espaço na atração e pimba, o ciúme imperou. A briga foi parar na Justiça, com Nicole acusando Juju de fazer trabalho na macumba pra sua bunda cair.

 

Nicole Bahls e Juju Salimeni
Nicole Bahls e Juju Salimeni Foto: reprodução/instagram

 

Gabi Gol e Lucas Lima

Eram parças, brothers no campo. Até entrar Rafaela Santos, a irmã de Neymar, no jogo. E os jogadores se estranharam e não quiseram mais reatar a amizade. Ambos namoraram a moça.

 

Gabi Gol e Lucas Lima

O acidente foi registrado na manhã esta sexta-feira (20/07), a aeronave modelo RV10 do empresário Bob Ziegert que levava o ex-governador do Piauí Wilson Martins (PSB), o deputado federal Rodrigo Martins (PSB), o ex-presidente da Agespisa, José Augusto e o piloto da aeronave André, fez um pouso forçado na comunidade Florada, próximo a cidade de Timon (MA).

Em um áudio exibido no Agora da Rede Meio Norte na tarde desta sexta-feira (20), o piloto da aeronave que precisou fazer pouso de emergência na comunidade Florada, próximo da cidade de Timon, no Maranhão, e que levava o ex-governador Wilson Martins e demais autoridades, conversa com a Torre de Controle do Aeroporto Petrônio Portela, em Teresina, onde explica que não é possível realizar pouso.

No áudio, o piloto informa problemas e diz que não há condições de chegar até a pista do aeroporto Petrônio Portela. A Torre, então, sinaliza para que ele realize [pouso] em um aeroporto de Timon-MA, que está desativado, mas ele reforça dizendo que não tem condições para isso. A Torre informou ainda que havia o rio Parnaíba próximo,  e o piloto continuo dizendo que não tinha como chegar, que não dava.



“Olá, Teresina!”, inicia o piloto que, na sequência, diz a distância que se encontra: “Está afastado oito milhas de Teresina”.  “Solicitando helicóptero de resgate da Polícia Militar, algo do tipo”. “Aproximadamente oito milhas de Teresina, a radial é 225-86 Teresina”, informa. “Não dá para chegar, não”, diz um outro trecho. “Não dá para pousar”, diz, ao ser respondido pela Torre: “Tenta a direita”, e responde novamente: “Não dá”. Em seguida, o áudio é interrompido, provavelmente na hora do pouso forçado.

Avião com ex-governador Wilson Martins faz pouso forçado em Timon

Na manhã desta sexta-feira (20/07), a aeronave modelo RV10 do empresário Bob Ziegert que levava o ex-governador do Piauí Wilson Martins (PSB), o deputado federal Rodrigo Martins (PSB), o ex-presidente da Agespisa, José Augusto e o piloto da aeronave André, fez um pouso forçado na comunidade Florada, próximo a cidade de Timon (MA).

Segundo informações de Wilson Martins através de uma publicação no seu perfil do Instagram, os políticos estavam vindo de Bom Jesus, no Sul do Estado. O motor da aeronave teria parado.

“Amigos, retornando do Sul do Estado, já chegando em Teresina, na comunidade Florada, estrada Timon-Poções, tivemos que fazer um pouso forçado. Fomos socorridos por um conterrâneo e parente de Oeiras, Michel Nunes e por toda a comunidade da região, que foi muito solidária. Todos estamos muito bem e sem nenhum arranhão. Muita gratidão a Deus por esse livramento, às pessoas que nos socorreram e ao André, piloto da aeronave, que com sua habilidade e perícia pousou o avião evitando o pior”, escreveu ele no Instagram.

deputado Rodrigo Martins afirmou que ninguém sabe ainda o motivo do acidente, apenas puderam perceber  que o motor do avião parou. “Agora pela manhã por volta de 10h fizemos um pouso forçado nas proximidades de Timon. Graças ao senhor, nenhum arranhão com ninguém. Agradecer ao grande piloto André, por toda a sua perícia e competência, que Deus seja louvado”, afirmou.

 (Crédito: Reprodução/Instagram)
(Crédito: Reprodução/Instagram)
 (Crédito: Reprodução/Instagram)
(Crédito: Reprodução/Instagram)
 (Crédito: Reprodução/Instagram)
(Crédito: Reprodução/Instagram)
 

Fonte: Portal Meio Norte

Nesta quarta-feira (18), o TCE  relaciona 10 prestações de contas de prefeituras municipais e nove de Câmaras de Vereadores, sendo que quatro das PCAs dos municípios referem-se ao exercício de 2017.

A pauta da sessão do Pleno no Tribunal de Contas do Estado, nesta quarta-feira (18), relaciona 10 prestações de contas d e prefeituras municipais e nove de Câmaras de Vereadores, sendo que quatro das PCAs dos municípios referem-se ao exercício de 2017, reflexo do processo de acompanhamento da gestão em tempo real, iniciado pelo TCE no ano passado, e que trouxe mais celeridade à análise de contas públicas. A sessão começa às 9h e acontece no Plenário Ministro João Agripino Filho.

Serão apreciadas pelos conselheiros as prestações de contas das prefeituras de Santa Cecília, Umbuzeiro, Arara e Triunfo, exercícios de 2017, além de Esperança (2016), Arara, Gado Bravo e Bom Jesus de 2015, Sapé e Itaporanga (2014). As contas de Sapé e Triunfo são remanescentes de sessão anterior, assim como o Recurso de Reconsideração interposto pelo ex-prefeito de Esperança, Anderson Monteiro Costa.

O Tribunal examinará também as contas apresentadas pelas Câmaras de Vereadores de Princesa Isabel, Queimadas, Catingueira, Riachão, Pitimbu, São José dos Cordeiros e Zabelê, já relativas ao exercício de 2017. Alagoinha e Catolé do Rocha relativas a 2016.

Constam na pauta as prestações de contas da Secretaria de Estado de Representação Institucional, Polícia Militar da Paraíba e do Corpo de Bombeiros, exercícios de 2017. Ainda a Verificação de Cumprimento de Decisão por parte do ex-prefeito de Santana dos Garrotes, José Alencar Lima, face o Acórdão APL-TC 00736/2013.

O Tribunal Pleno do TCE-PB reúne-se, ordinariamente, às quartas-feiras, a partir das 9 horas, sob a presidência do conselheiro André Carlo Torres Pontes, com acesso permitido ao público e transmissões ao vivo pela TV TCE-PB (Canal no Youtube).

 

Com Ascom

A defesa de Aécio Neves sustentou que a conclusão da PF "é desprovida de fundamentação"

A Polícia Federal atribuiu ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) e ao ex-vice-governador de Minas Gerais Clésio Andrade o crime de corrupção ativa no relatório final do inquérito que, durante dois anos, apurou suspeitas de maquiagem de dados do Banco Rural que deveriam ter sido entregues à CPMI dos Correios em 2005.

 

De posse do relatório, a Procuradoria-Geral da República enviou manifestação ao ministro-relator do inquérito no Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, o pedido para que o caso siga à primeira instância com base na limitação da regra do foro privilegiado, uma vez que os fatos são anteriores ao mandato parlamentar.

A conclusão da PF foi que Aécio Neves da Cunha, então governador de Minas Gerais, e Clesio Soares de Andrade, vice-governador, atuaram junto ao então senador Delcício do Amaral, presidente da CPMI, para que fosse dado mais prazo para o envio de informações bancárias, de tal modo que o Banco Rural pudesse alterar os dados referentes a contratos de empresas do publicitário Marcos Valério.

O intuito, segundo a PF, era impedir o acesso da CPI a conteúdos que ligassem a gestão tucana a crimes operados a partir das fraudes das empresas do publicitário com o banco.

"É seguro afirmar que, no início do segundo semestre de 2005, por intermédio de pessoa não plenamente identificada, Aécio Neves da Cunha e Clésio Soares de Andrade ofereceram vantagem indevida a Delcídio do Amaral para que este, na condição de presidente da CPMI dos Correios, viabilizasse o retardamento e a inadequação de remessa pelo Banco Rural de Informações bancárias envolvendo as empresas de Marcos Valério, com o propósito de, juntamente com atos pretéritos e posteriores, mitigassem evidências da existência e funcionamento dentro do Governo de Minas de esquema acentuadamente semelhante ao que ocorria no Governo Federal e era investigado naquela CPMI", diz o delegado da PF Heliel Jefferson Martins Costa.

O delegado aponta que Delcídio do Amaral "praticou ato de ofício contrário a seu dever legal, a pedido mediato e no interesse de Aécio Neves a Cunha e Clesio Soares de Andrade, em troca de promessa ou oferecimento, tácitos ou expressos, de vantagem política futura e indevida".

O relatório final não atribui crimes nem ao ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que era membro titular da CPMI dos Correios, nem ao deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP). A investigação sobre os dois não encontrou provas que sustentassem o relato de Delcídio do Amaral. "Deixo de indiciar, por ausência de provas, condutas típicas imputáveis aos investigados Eduardo Paes e Carlos Sampaio", diz o relatório.

Diante disso, a defesa de Eduardo Paes pediu ao ministro Gilmar Mendes que, em vez de enviar para a primeira instância, decrete o arquivamento da investigação em relação especificamente ao cliente.

O fato de a Procuradoria-Geral da República não ter apresentado uma denúncia, e sim pedido o envio à primeira instância, não significa uma análise sobre o relatório final da PF, mas o reconhecimento de que esse é um dos casos que já não devem ser julgados no Supremo devido à nova regra estabelecida pelo tribunal que só mantém na Corte processos sobre crimes cometido no mandato e em razão do mandato.

Gilmar Mendes recentemente arquivou um inquérito que a PGR tinha pedido para ser encaminhado à primeira instância, em que eram investigados o senador Jorge Viana (PT-AC) e o governador do Acre, Tião Viana (PT). Nesse caso, no entanto, não havia na ocasião relatório final propondo a acusação dos investigados.

A defesa de Aécio Neves sustentou que a conclusão da PF "é desprovida de fundamentação em que se possa acreditar e é incompatível com as provas colhidas ao longo das investigações". "Ele (delegado) se refere à suposta vantagem indevida que teria sido oferecida por intermediário do senador Aécio Neves sem especificar qual vantagem e qual intermediário seriam esses", disse o advogado Alberto Toron.

"A leitura integral do relatório e do inquérito policial deixa claro que todos os documentos foram devidamente enviados pelo Banco Rural à CPMI, demonstrando a falsidade da acusação feita contra o senador Aécio Neves", afirmou Toron.

 
 
 
 
Fonte: jornaldeluzilandia

“Sofremos com uma estrutura antiga, projetada para 13 parlamentares, cheia de falhas. Estamos na fase final das licitações e acreditamos que, entre setembro e outubro, a atual sede seja demolida e que o novo prédio fique pronto em até dez meses após isso”, lembrou o presidente da Casa, argumentando da necessidade de novas instalações para atender às demandas crescentes da sociedade.

“Esta proposta foi construída com a participação dos 27 vereadores e vamos conseguir agrupar toda a Câmara em um prédio só, visto que hoje funcionamos com dois anexos”, expôs Marcos Vinicius e adiantou: “A expectativa é que as obras iniciem já no próximo mês de outubro, e que sejam concluídas dentro dos próximos dez meses.” O detalhe é que serão erigidas após a demolição das atuais instalações da Casa

Realista – O promotor Carlos Romero Lauria Paulo Neto, da Curadoria do Patrimônio, avaliou o projeto como uma iniciativa realista, “pé no chão”: “Ele já parte bem-sucedido, sem suntuosidades, o que atesta a representatividade e responsabilidade que os vereadores têm. Um ambiente digno e moderno para trabalhar e acolher a população. O MPPB se sente grato pela preocupação da Câmara em nos mostrar o projeto.”

Segundo o promotor, o novo prédio da CMJP será uma obra emblemática na Rua das Trincheiras, que vai inspirar o entorno, para que haja um reavivamento do patrimônio histórico da localidade, estimulando até parcerias em torno disso, como na fiscalização dos processos licitatórios, entre outros, da execução do projeto.

A Sede atual será demolida

De acordo com o arquiteto Gustavo Vaz, apenas será preservado o prédio onde funciona o Centro Cultural da CMJP e todo o resto será demolido para a construção da nova sede. A edificação terá quatro pavimentos, sendo um semi-subsolo onde funcionará o estacionamento para 50 vagas, mais três pisos de salas. No térreo, funcionará o plenário e toda a comunicação da Casa.

A nova Câmara terá 4.900 m² de área construída, mais que o dobro do que tem hoje, 1.400 m². O primeiro piso comportará a parte administrativa da Casa Napoleão Laureano e a galeria, a parte em que o público assistirá os eventos do Legislativo. Licitação, procuradoria, diretoria-geral, os cinco gabinetes dos vereadores que compõem a Mesa Diretora mais a presidência.

Pagina 1 de 90
JR Esquadrias