Terça, 03 Outubro 2017 19:39

João Pessoa é a quarta capital do Brasil com mais mortes por arma de fogo Destaque

Escrito por  Postado por redação
Avalie este item
(0 votos)

A Paraíba só perde para os estados do Espírito Santos, com taxa de 35,1; Rio Grande do Norte, 38,9; Sergipe, 41,2; Ceará, 42,9; e Alagoas, 56,1.

Era noite de 24 de abril quando a bacharel em direito Érica Vanessa de Lima foi baleada no rosto pelo próprio namorado, no bairro do Bessa, em João Pessoa. Onze dias depois, Érica, que havia saído de casa andando mesmo após o ocorrido, morreu. Do outro lado da cidade, no bairro dos Bancários, no dia 7 de outubro, a vítima de uma arma de fogo foi o jovem Higor Natan, de 21 anos, que reagiu a um assalto e foi assassinado com quatro tiros. Os dois casos aconteceram no ano de 2014, período em que o Mapa da Violência 2016 coloca a capital paraibana como a quarta mais violenta do Brasil por homicídios cometidos por arma de fogo. 


Conforme o estudo, em 2014, João Pessoa tinha mais de 780 mil habitantes e registrou uma taxa de homicídios por arma de fogo de 60,2 para cada 100 mil habitantes.


A Capital perde apenas para São Luís, com taxa de 67,5 mortes por arma de fogo; Maceió, com taxa de 73,7; e Fortaleza, com taxa de 81,5 mortes por arma de fogo para cada 100 habitantes.

Dados nacionais

Com relação aos dados nacionais, referentes ao período entre 2012 e 2014, o município de Conde, na Grande João Pessoa, é o quarto mais violento do Brasil em número de mortes por arma de fogo para cada 100 mil habitantes.

Conforme o estudo, Conde possui 22.941 habitantes e tem uma taxa média de mortes por arma de fogo em 94,4 para cada 100 mil habitantes.

O município só perde para Satuba-AL, com 14.666 habitantes e uma taxa média de mortes por arma de fogo de 95,5; Murici-AL, com 27.796 habitantes e uma taxa média mortes por arma de fogo de 100,7; e Mata de São João-BA, com 43.753 habitantes, com taxa média de mortes de 102,9.

Também na Grande João Pessoa, Santa Rita aparece na 16ª posição no ranking nacional, com 129.597 habitantes e uma taxa média de 80 mortes por arma de fogo para cada 100 mil habitantes.

PB é o sexto em ranking dos estados

Também conforme os dados do Mapa da Violência, a Paraíba saltou da 16ª posição no ranking em 2000, onde registrou 11,5 mortes por arma de fogo para cada 100 mil habitantes, para a 6ª colocação em 2014, quando registrou 31,9 mortes para cada 100 mil habitantes.

A Paraíba só perde para os estados do Espírito Santos, com taxa de 35,1; Rio Grande do Norte, 38,9; Sergipe, 41,2; Ceará, 42,9; e Alagoas, 56,1.

Fonte: portalcorreio

Ler 10 vezes Última modificação em Terça, 03 Outubro 2017 20:03
JR Esquadrias