Domingo, 06 Novembro 2016 21:50

Navios movimentam Porto de Cabedelo com mais de 50 mil toneladas de cargas em novembro

Escrito por  Secom PB
Avalie este item
(0 votos)
Imagem Ilustrativa Imagem Ilustrativa

O Porto de Cabedelo terá movimentação de mais de 50 mil toneladas de cargas até o dia 16 de novembro. Até lá, cinco navios desembarcam com granéis líquidos, sólidos e cargas gerais. Todas essas operações empregam algumas centenas de trabalhadores portuários, motoristas e outros funcionários de transportadoras.

Neste domingo (6) o navio Nord Observer, de bandeira liberiana, atracou no cais com 5,2 mil toneladas de Diesel S-10. O produto vem de Houston-Texas (EUA). Já o navio Nord Farer, procedente de Guamaré-RN, deve atracar no Porto de Cabedelo nesta segunda-feira (7), com 10 mil toneladas de gasolina e diesel. No dia 16 deste mês, o navio Federal Tiber atracará com 19 mil  toneladas de coque verde de petróleo.

Esta semana, 12 mil toneladas de coque chegaram dos Estados Unidos no navio Global Andes. A presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo, comemora a movimentação. “Nossas operações são contínuas, ininterruptas, ágeis e com melhores custos”, pontuou.

O navio Global Andes atracou na ultima quinta-feira (3) e o descarregamento foi concluído na noite da sexta-feira dia (4). A operação de descarga do coque foi feita pela Marajó Logística (Marlog), empresa de logística que atua com descarregamento, transporte e armazenagem de cargas. O gerente da Marlog, José Rufino Júnior, revelou que um grande número de trabalhadores se beneficia, através do OGMo (Órgão Gestor de Mão de obra).

“São mais de 230 trabalhadores em regime de rodízio 24 horas por dia, como estivadores, arrumadores, conferentes, equipes de vigias. Além deles, mais de 60 motoristas se revezam nos caminhões, e para evitar imprevistos, esses veículos são constantemente vistoriados”, destacou Rufino.

O coque verde de petróleo é um produto importado dos EUA e movimenta uma cadeia de segmentos ligados ao setor cimenteiro. Ele é utilizado como matéria-prima de combustível. O coque verde de petróleo, que no passado já foi resíduo, depois subproduto, hoje é um produto utilizado em grande escala como combustão para indústrias e fabricação de ferramentas de aço, por exemplo, mas possui diversas outras aplicações na indústria.

Além dos navios citados acima, no dia 16 deste mês seguem para a Itália 6,5 mil toneladas de granito extraído na região de Santa Luzia, no Sertão, que serão embarcados no navio Quetzal Arrow.

Ler 174 vezes
JR Esquadrias