Cultura (16)

A obra faz parte do projeto de revitalização do Centro Histórico

Assim como aconteceu com o Parque da Lagoa, o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) transformou o Pavilhão do Chá em caso de sucesso. Ele entregou o equipamento, novinho em folha, no final da tarde desta quinta-feira .

A gestão modernizou as instalações, implantou o conforto, adotou cuidados de limpeza e multiplicou mais uma área de lazer do Centro de João Pessoa. Já fez esquecer o tempo de abandono do Pavilhão do Chá.

A obra faz parte do projeto de revitalização do Centro Histórico, idealizado desde o comando da gestão de Cartaxo, um esforço do governo municipal já absolvido pela população.

Quando afirma que “nossa política é dar vida ao centro da cidade”, o prefeito apresenta a sociedade o que João Pessoa tem de bom. A despeito desse assunto, Cartaxo comentou:

“Nosso esforço é para que a gente possa efetivamente gerar um potencial turístico, econômico e cultural, cada vez mais forte”, destacou.

Sexta, 11 Agosto 2017 23:59

História do Dia dos Pais

Escrito por

Atualmente, tal como o dia das mãesdia dos pais é uma das datas mais prestigiadas no mundo como um todo e no Brasil, em especial. Entretanto, pouco se sabe sobre a origem dessa data.

No Brasil, ela é comemorada no segundo domingo de agosto, mas já foi comemorada fixamente no dia 16 desse mesmo mês. Nos Estados Unidos e em várias outras nações, a data é comemorada no terceiro domingo de junho; em Portugal e Espanha, em 19 de março; na Rússia, no dia 23 de fevereiro. Mas qual é a razão dessas diferenças?

Origem da comemoração nos Estados Unidos

O dia dos pais passou a ter repercussão mundial a partir do início do século XX, quando a data foi institucionalizada nos Estados Unidos da América. Os Estados Unidos comemoraram pela primeira vez o dia dos pais em 19 de junho de 1910. Tal data foi escolhida a partir da sugestão de uma moça chamada Sonora Louis Dodd, que quis homenagear seu pai, William Jackson Smart.

Smart era um veterano da Guerra Civil Americana que, após a morte da esposa, teve que criar sozinho Sonora e os outros filhos. A homenagem de Sonora começou em 1909, em sua cidade, Spokane, no estado de Washington. O dia em questão, 19 de junho, era a data de nascimento de seu pai. O gesto simples da moça acabou por mobilizar muitas pessoas da mesma cidade a fazer o mesmo tipo de homenagem. De Spokane, a prática alastrou-se para outros estados dos EUA.

Entretanto, em 1966, houve uma alteração na comemoração da data em decorrência de outros fatores. Do dia 19 de junho, a comemoração passou para o terceiro domingo de junho. Em 1972, o presidente Richard Nixon declarou o terceiro domingo de junho como o dia oficial da comemoração do dia dos pais. Essa data foi adotada como modelo por vários países ocidentais.

Origem da comemoração no Brasil

No Brasil, o dia dos pais só foi comemorado pela primeira vez em 1953, no dia 16 de agosto. Ao contrário do que ocorreu nos EUA, essa data não foi pensada como forma de homenagem local e simples, que se alastrou depois, sem planejamento. Na verdade, ela foi pensada por um publicitário chamado Sylvio Bhering, à época diretor do jornal O Globo e da rádio homônima.

O objetivo de Bhering era tanto social quanto comercial. A tentativa inicial foi associar a data ao dia de São Joaquim, pai de Maria, mãe de Jesus Cristo, que é comemorado em 16 de agosto, no calendário litúrgico da Igreja Católica, já que a população brasileira era predominantemente constituída de católicos. No entanto, nos anos seguintes, a data também foi deslocada para um domingo, o segundo domingo do mês de agosto – e assim permanece até hoje.

O caso particular de outros países

Há o caso de outros países nos quais o dia dos pais está relacionado com aspectos culturais muito específicos. É caso, por exemplo, de Portugal, Espanha, Itália, Andorra, Bolívia e Honduras, que o comemoram em 19 de março. Isso ocorre porque tais países, também de tradição católica, associam o dia dos pais ao dia de São José, esposo de Maria.

Um caso curioso é o da Rússia, que celebra o dia dos pais em 23 de fevereiro. O motivo é o fato de que esse dia também é reservado à comemoração do Dia do Defensor da Pátria Local – data celebrada desde 1919. As duas datas acabaram por se entrelaçar.


Por Me. Cláudio Fernandes

A viagem cultural teve início às 10h20 da manhã, saindo da antiga Estação Ferroviária de Campina, onde hoje está instalado o Museu do Algodão. O trajeto de mais de 20 km, até o distrito de Galante, durou cerca de duas horas.

A Locomotiva do Forró, que há 20 anos faz parte da programação de Campina Grande no período d’O Maior São João do Mundo, fez o seu primeiro passeio de 2017 neste sábado, 10. Os trios de forró garantiram a animação em cada um dos sete vagões da Locomotiva durante todo o percurso, na ida e na volta, fazendo os quase mil passageiros, vindos de todas as partes do Brasil, dançarem sem parar ao som do mais autêntico forró pé-de-serra.

A viagem cultural teve início às 10h20 da manhã, saindo da antiga Estação Ferroviária de Campina, onde hoje está instalado o Museu do Algodão. O trajeto de mais de 20 km, até o distrito de Galante, durou cerca de duas horas. O retorno à Campina Grande foi iniciado às 15h e teve mais duas horas de viagem, com mais forró e animação.

Os passageiros são uma atração a mais nesse passeio turístico único. Vindos de todas as partes do país, como São Paulo, Sergipe, Rio de Janeiro, Ceará e Brasília, sozinhos ou em grupos, eles tornaram cada vagão um salão de forró irreverente e marcante.

Maria das Graças do município de Lagarto, em Sergipe, veio conhecer O Maior São João do Mundo com um grupo de amigos dos grandes: 70 pessoas. A turma sergipana animada ocupou quase um vagão inteiro da Locomotiva do Forró e prometeu voltar em 2018.

imagem

“Chegamos a Campina na quarta-feira e estamos adorando a festa. Já aproveitamos muito e não poderíamos perder esse trem. Esta foi a primeira vez que participamos da Locomotiva e estamos amando. Aqui é o lugar certo para se divertir”, exaltou a sergipana Maria das Graças.

Outro destaque desse primeiro passeio da Locomotiva do Forró foi o Vagão VIP, idealizado e montado pela Autocar Turismo, empresa que administra a Locomotiva, em comemoração aos 20 anos do atrativo. Neste primeiro dia, a área VIP foi exclusiva para jornalistas e convidados.imagem

A cantora Gitana Pimentel, principal atração do dia no palco principal d’O Maior São João do Mundo em Galante, foi a artista convidada para uma homenagem nesse primeiro Vagão VIP e fez questão de cantar durante todo o passeio.

“Ser homenageada nesse primeiro Vagão VIP é muito chique! Fiquei muito contente e emocionada. E já vou esquentando aqui na Locomotiva, para quando chegar em Galante, subir no palco e cantar mais forró”, ressaltou Gitana Pimentel.imagem

Neste domingo, 11, a Locomotiva do Forró fará seu segundo passeio do ano. Ela sai ainda nos dias 16, 17, 18, 23, 24 e 25, e no dia 2 de julho acontece um passeio socioeducativo, com os alunos da rede municipal de ensino.

As passagens para a Locomotiva do Forró podem ser adquiridas na Autocar Turismo, localizada na Rua Doutor Severino Ribeiro Cruz, nº 625 – Centro (em frente ao Museu dos Três Pandeiros), na loja Mr. Kitsch do Partage Shopping ou pelo site www.locomotivadoforro.com.br.imagem

ESTAÇÃO CULTURAL – A Autocar Turismo está instalando em Galante a Locomotiva do Forró – Estação Cultural, espaço que reunirá gastronomia, artesanato e um acervo musicográfico contando a história do Forró. A novidade foi anunciada no mês de maio, durante o lançamento da Locomotiva do Forró 2017 e está passando pelos ajustes finais em sua estrutura. A inauguração do espaço deverá acontecer até o próximo sábado, 17 de junho.

imagem

Fonte: Codecom

CONVIDAMOS TODOS ASSOCIADOS, FAMILIARES  E AMIGOS PARA  COMEMORAR  O MELHOR SÃO JOÃO NO MAIOR CLUBE SOCIAL DA PARAIBA.

RESERVE JÁ SUA MESA COM ANTECEDENCIA.

 

 

Conforme esclareceu o secretário Marcos Alfredo, os órgãos de comunicação deverão providenciar o credenciamento dos seus profissionais até o dia 31 de maio


 

A Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Campina Grande (Codecom) reuniu, na manhã desta sexta-feira, 19, jornalistas dos mais diversos órgãos de comunicação da cidade para esclarecer como se dará o trabalho de cobertura do Maior São João do Mundo, programado para acontecer de 2 de junho até 2 de julho.

As orientações para quem vai cobrir o evento foram prestadas em reunião realizada no Gabinete do Prefeito, conduzida pelo coordenador da Codecom, Marcos Alfredo. Também estavam presentes o assessor de imprensa da empresa Aliança, Kennedy Michiles, além do assessor especial Renan Loureiro, que ficará responsável por ações de gestão e logística da Central de Imprensa, que neste ano receberá o nome do saudoso radialista Carlos Alberto, falecido no ano passado.

Segundo Marcos Alfredo, as equipes da Aliança e da Codecom estarão integradas no trabalho de comunicação. Segundo ele, inclusive, os jornalistas da equipe Codecom já passam a trabalhar na Central partir da próxima quarta-feira, 24, em espaço reservado no Centro Cultural Lourdes Ramalho. O coordenador também aproveitou para tirar dúvidas quanto ao processo de credenciamento das equipes jornalísticas.

Conforme esclareceu, os órgãos de comunicação deverão providenciar o credenciamento dos seus profissionais até o dia 31 de maio, bastando, para tanto, fazer uso do endereço eletrônico disponibilizado pela Codecom: pmcg.pb.gov.br/credimprensasj.2017.

Como a meta da comunicação institucional é facilitar ao máximo o trabalho da imprensa, será disponibilizado, na área de camarins, um espaço apropriado para a realização de entrevistas coletivas. Por sua vez, o assessor de imprensa da Aliança, Kennedy Michiles, informou que a empresa contará com um jornalista de apoio local, sendo apresentado para esta tarefa o profissional Marcelo Gonçalves. Ele também acrescentou que os porteiros e seguranças da festa serão orientados para dar aos jornalistas o máximo de acesso aos locais das festas.

Por outro lado, Marcos Alfredo ainda destacou diversas parceiros para a estruturação e cobertura do evento, destacando a STTP, que deverá fazer o credenciamento dos veículos que ficarão estacionados na área do Parque do Povo, sobretudo nas proximidades da Secretaria Municipal de Educação. Destacou, ainda, o trabalho da TV Junina e do Repórter Junino (UEPB), cujas equipes sempre realizam grandes coberturas da festa.

Fonte: Codecom

Os shows de abertura, encerramento e na noite de São João (23 de junho), devem ser encerrados às 4h, de acordo com o que ficou definido em audiência pública

Na ultima segunda-feira (15) foi definido o horário em que os shows do Maior São João do Mundo em Campina Grande. Após audiência pública com o Ministério Público da Paraíba ficou definido que os shows de abertura, encerramento e na noite de São João (23 de junho), devem ser encerrados às 4h.

Já nas sextas-feiras, sábados e na véspera de Santo Antônio (12 de junho), os shows devem ir até às 3h. Nas quartas, quintas e domingos os festejos devem seguir até às 2h.

Ainda durante a audiência ficou definido que os estabelecimentos comerciais que funcionam no São João devem encerrar suas atividades até duas horas depois do fim dos shows no palco principal do Parque do Povo. Neste caso houve uma mudança, já que o prazo anterior era de encerrar os trabalhos meia hora depois do fim dos shows.

A audiência teve a participação de representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Prefeitura Municipal de Campina Grande, Aliança Comunicação e Associação dos Barraqueiros do Maior São João do Mundo.

Ingressos

Já estão sendo vendidos os ingressos para os camarotes do Maior São João do Mundo em Campina Grande. Os preços do primeiro lote variam entre R$ 55 (meia) e R$ 200 (inteira), mas a partir da próxima quinta-feira (18), devem mudar.

O maior preço de acesso aos camarotes é no dia 18 de junho, que em Wesley Safadão como atração principal. O ingresso custa R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia). No encerramento da festa a entrada do camarote vai custar R$ 170 (inteira) e R$ 85 (meia).

O preço da entrada do camarote no dia da abertura está sendo vendido por R$ 130 (inteira) e R$ 65 (meia). Na véspera de São João, os preços dos camarotes custam R$ 110 (inteira) e R$ 55 (meia). As vendas acontecem na loja do Maior São João do Mundo montada no Partage Shopping, em Campina Grande.

Além do acesso gratuito a todos os locais do evento, a maior mudança acontecerá na localização do chamado “palco principal”, na parte superior do Parque do Povo

Quartel General do Forró durante o mês de junho, o Parque do Povo vai ganhar uma nova estrutura para oferecer conforto e mais segurança aos milhares de forrozeiros que vão prestigiar o Maior São João do Mundo 2017, em Campina Grande.

A novidade foi anunciada na manhã desta quarta-feira, 19, durante o lançamento oficial da festa, em solenidade que aconteceu no auditório da Federação das Indústrias da Paraíba (Fiep) com a presença do prefeito Romero Rodrigues, do vice Enivaldo Ribeiro, empresários, secretários municipais, vereadores e outras autoridades.

Além do acesso gratuito a todos os locais do evento, a maior mudança acontecerá na localização do chamado “palco principal”, na parte superior do Parque do Povo. O palco, este ano, terá um formato em 360 graus, com quatro passarelas nas laterais, aproximando os artistas dos forrozeiros.

Quanto à segurança, a área do Parque do Povo será monitorada por um circuito interno de câmaras, que ganhará novos pontos de observação. Também haverá a ampliação do número de entradas, que este ano serão nove, além de ser ampliado o número de saídas de emergência.

Outra grande novidade é em relação à rua Sebastião Donato, ao lado do Parque do Povo, que ficará com o fluxo liberado durante o dia. Também haverá inovação quanto ao segmento das pessoas com deficiência, pois serão implantadas acessibilidades nas entradas, com rampas de acesso nas escadarias e a implantação do camarote da acessibilidade.

O público disporá ainda de posto médico com total mobilidade urbana, onde a ambulância ficará dentro da estrutura da festa, com a saída da viatura diretamente para as vias públicas.

Já na parte de baixo do Parque do Povo, a reorganização das barracas vai abrir mais espaço nas ruas para fluir o trânsito e a circulação dos forrozeiros. Os restaurantes irão ficar nas laterais, deixando espaço do centro livre com o palco central. A área será decorada com bandeirolas. Na parte externa dos restaurantes, as mesas serão disciplinadas, fazendo com que todos os clientes possam dançar na frente dos estabelecimentos.

Outra ação será a instalação de um sistema de som de mais qualidade para atender as apresentações musicais e de grupos folclóricos, especialmente de quadrilhas juninas, que se exibirão naquele espaço cultural. No local, ainda, serão instaladas arquibancadas removíveis, possibilitando mais conforto para o público.

De acordo com o prefeito Romero Rodrigues, graças à parceria com a empresa Aliança, os campinenses e os turistas vão contar com um evento marcado pela grandiosidade, conforto e segurança, garantindo-se a realização da maior edição da festa, que em 2017 chega ao seu 34º ano.

Fonte: Codecom

 A  cidade de Campina Grande  se prepara pra receber turista  vindo  de  todo país com o lançamento do  Maior São João  do Mundo.

Confirmado pelo prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues o lançamento do Maior São João do Mundo, edição 2017, para  quarta-feira, (19). A solenidade será realizada no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), a partir das 10h. Na ocasião, Romero anunciará, em conjunto com a empresa Aliança, as novidades deste ano em termos de layout e programação artística do Parque do Povo.

De acordo com Romero Rodrigues, o Maior São João do Mundo deste ano será um divisor de águas na história de um evento com mais de três décadas de sucesso. Através da Parceria Público Privada (PPP), um novo modelo de gestão do evento deve gerar uma economia de, no mínimo, R$ 5 milhões para os cofres municipais. Com isso, estes recursos serão aplicados na construção da nova unidade hospitalar.

Conforme relatou, a população de Campina Grande e os turistas que marcarão presença em Campina Grande neste ano vão desfrutar da mais importante edição do Maior São João do Mundo, tendo, inclusive, diversificada programação, tanto no Parque do Povo, quanto nos distritos.

Na condição de coordenador geral da festa, o prefeito já esteve fazendo a vistoria da montagem da nova estrutura do Parque do Povo que abrigará o maior evento turístico da Paraíba, marcado para acontecer de 2 de junho até 2 de julho.

Sobre o fluxo turístico, o prefeito confirmou ter mantido contatos com autoridades federais, recebendo a garantia de uma divulgação nacional do Maior São João do Mundo. Além disso, ele estará visitando prefeitos de capitais e governadores, convidando-os para a grande festa popular.

Fonte: Codecom

Além de vereador, João Dantas é um pesquisador da cultura e do homem nordestino.

O produtor cultural, pesquisador, cenógrafo, teatrólogo e vereador João Dantas (PSD), que atualmente lidera a bancada governista na Câmara Municipal, recebeu o convite dos sócios fundadores do Instituto Histórico de Campina Grande, Felix Araújo Filho e Maria Ida Steinmuller, para ocupar uma das cadeiras dos quadros da Instituição.

João Dantas relata que é com imensa alegria que recebe este convite, ao tempo em que agradece a todos os sócios da instituição em nome da Presidente Juciene Ricarte Cardoso.

Além de vereador, João Dantas é um pesquisador da cultura e do homem nordestino. Dantas desenvolveu uma longa pesquisa de campo sobre o Cangaço, visitando e entrevistando parentes de cangaceiros do bando de Lampião. Além disso, João Dantas desenvolve diversas atividades que buscam a valorização da cultura e da história de Campina Grande.

Sítio São João

João Dantas é o idealizador e fundador do Sítio São João, com a proposta de valorizar a cultura popular, o sítio é um espaço cenográfico que remonta a um vilarejo rural da década de 30, com imóveis como a casa de farinha, o engenho de cana, a bodega, uma difusora, entre outros. Em parte do dia acontece apresentações de trios de forró. Hoje o Sítio São João é uma das principais atrações turísticas do Brasil durante o período junino.

Na Câmara Municipal de Campina Grande, João Dantas tem um histórico de proposituras que buscam valorizar o patrimônio histórico e cultural de Campina Grande. Dantas é um dos idealizadores e o autor do Projeto de Lei que criou o monumento aos Tropeiros da Borborema, localizado no antigo posto Berro D’água, em homenagem aos 150 anos de Campina Grande.

Outra bandeira encampada por João Dantas visa a criação do Memorial do Maior São João do Mundo, onde seria construída uma estátua de São João Batista com mais de 75 metros de altura, sendo assim, a maior escultura católica do mundo, ultrapassando em altura, o Cristo Redentor no Rio de Janeiro e a estátua de Santa Rita de Cássia no Rio Grande do Norte.

João é o autor do Projeto de Lei que cria o Memorial Urbano de Campina Grande. Este projeto visa identificar todos os monumentos e estátuas de Campina Grande através de placas de metal padronizadas, onde nelas serão contadas as histórias dos personagens retratados nas estátuas ou nos monumentos.

Outro projeto de Dantas visa criar o Memorial Poeta Ronaldo Cunha Lima, em homenagem a um dos homens públicos mais importantes de Campina Grande e da Paraíba. João pretende criar um museu com todas as obras literárias, toda sua atuação parlamentar no Congresso Nacional e ainda como prefeito de Campina Grande e Governador da Paraíba.

Blog da simoneduarte

As tribos indígenas desfilam no Carnaval Tradição neste sábado (25), a partir das 17h. O evento completa este ano 103 anos de história. Já no domingo, as escolas de samba vão batucar na avenida a partir das 17h. As ala ursas desfilam na segunda-feira (27), último dia das festividades, a partir das 18h . Cerca de 40 agremiações passarão pela Avenida Duarte da Silveira, na Torre.

Nos três dias de festa, o Carnaval Tradição irá contar com uma estrutura preparada pela Funjope com arquibancadas para o público, camarotes para jurados e uma tenda para portadores de deficiência. Vinte banheiros, sendo dois adaptados para deficientes, também vão ser instalados na Duarte da Silveira. Os desfiles começam por volta das 17h e se estendem até a meia-noite.

Este ano, as agremiações do Carnaval Tradição foram contempladas com um investimento público no valor total de R$ 329 mil através de edital do Fundo Municipal de Cultura (FMC) da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope). Cada grupo recebeu entre R$ 6,5 mil e R$ 20 mil.

 

Veja toda programação 

Sábado (25) a partir das 17h

Clube de Orquestra Adolescente Criança Feliz

Tribo Indígena Pele Vermelha do Cristo Redentor

Tribo Indígena Flecha Negra de Cruz das Armas

Clube de Orquestra Acorda Torre

Tribo Indígena Papo Amarelo Cruz das Armas

Tribo Indígena Tupi Guarani de Mandacaru

Clube de Orquestra São Rafael

Tribo Indígena Xavantes do Bairro dos Novais

Tribo Indígena Tupi Guanabara Águas Frias

Tribo Indígena Tupinambás de Mandacaru

Clube de Orquestra Piratas de Jaguaribe

Domingo (26) a partir das 17h

Clube de Orquestra Alegre do Frevo
Tribo Indígena Tupi Guanabara
Clube de Orquestra Dona Emília
Tribo Indígena Tabajara do Alto do Mateus
Clube de Orquestra Ciganos do Esplanada
Tribo Indígena Africanos do Cristo Redentor
Clube de Orquestra Bandeirantes da Torre
Escola de Samba Unidos do Róger
Escola de Samba Pavão de Ouro Bairro São José
Escola de Samba Império do Samba do Bairro do Róger
Escola de Samba Independente de Mandacaru
Escola de Samba Malandros do Morro do Bairro da Torre

Segunda (27) a partir das 18h

Batucada Nova Liberdade
Batucada Águia de Ouro
Urso Infantil Gorila Louco
Urso Anos Dourados
Urso Jamaica
Urso Preto do SESI
Urso Alegria do Panda
Urso Amigo Batucada
Urso Celebridade
Urso da Paz
Urso Gavião
Urso Canibal
Urso Folião
Urso Cachorro Louco
Urso Sem Lenço e Sem Documento
Urso Panda
Urso Reboliço
Urso Santa Cruz
Urso Fiel
Urso Atrevido

Pagina 1 de 2
JR Esquadrias