Sexta, 21 Agosto 2020 11:38

Proposta prevê dois anos de trabalho no SUS aos profissionais de saúde recém-formados

Escrito por  postado por revista atual nordeste
Avalie este item
(0 votos)

Médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde, assim que concluírem seus cursos em faculdades beneficiadas ou custeadas com recursos públicos, poderão ter de passar por um período de dois anos de prestação de serviços, em suas áreas de formação, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), a proposta foi enviada ao Senado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde (CNTS).

De acordo com a proposta, as universidades deverão passar as informações sobre os alunos e os cursos aos órgãos competentes dos estados, municípios ou governo federal. O texto também determina que o Ministério da Saúde e as secretaria serão os responsáveis por organizar o cadastro e a distribuição das vagas.

A sugestão ainda prevê a jornada de 20 horas por semana e remuneração mínima de pelo menos um salário mínimo. O profissional terá oportunidade de escolha sobre a localização.

De acordo com a confederação, a proposta tem o objetivo de humanizar o atendimento no sistema. O texto ressalta que os alunos de universidades públicas se formam com recursos públicos e o serviço da proposta seria um retorno para a sociedade.

O documento lembra também que os estudantes de universidades públicas se formam com recursos públicos e o serviço previsto seria um retorno para a sociedade. No entanto, a confederação destaca que o serviço não beneficia apenas a sociedade, mas também os profissionais, garantindo o emprego.

Fonte: Agência Senado

Ler 132 vezes

PUBLICIDADE

JR Esquadrias