Terça, 21 Julho 2020 22:56

Resort Mussulo by Mantra e estádio do Treze estão sendo leiloados pelo TRT-PB por dívidas trabalhistas

Escrito por  postado por revista atual nordeste
Avalie este item
(0 votos)

Além do Mussulo by Mantra, estão sendo leiloados um estádio de futebol em Campina Grande, o Presidente Vargas, que pertence ao Treze Futebol Clube, um dos três maiores clubes do futebol paraibano.

O Mussulo by Mantra, o primeiro resort da Paraíba, localizado na Costa do Conde, litoral sul, de ícone do turismo local agora está sendo leiloado por dívidas trabalhistas. O empreendimento, que está fechado há quase dois anos, é um dos 300 lotes de bens que estão sendo leiloados a partir desta terça-feira (21) até quinta (23), promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba. O lote está avaliado em R$ 15 milhões – o lance inicial é de R$ 7,5 milhões – e já há 528 arrematantes cadastrados. O pregão acontece por meio de plataforma eletrônica dos leiloeiros credenciados e link do Google meet.

Além das inúmeras ações trabalhistas na Justiça da Paraíba, o Mussulo está sendo alvo de uma investigação internacional por um escândalo financeiro descoberto a partir de Angola, na África, e que envolve até o ex-presidente daquele país, José Eduardo dos Santos e a sua filha, Isabel dos Santos, e que podem ter relação direta com dois grandes empreendimentos construídos na Paraíba, além do resort, o Solar Tambaú, em João Pessoa.

Os investimentos, que somam milhões de reais, segundo investigações da Polícia Federal, seriam de dinheiro de corrupção que teria sido lavado no Nordeste. Ver reportagem completa: https://turismoemfoco.com.br/v1/2020/01/22/dinheiro-lavado-em-angola-pode-ter-sido-usado-em-construcao-de-hotel-e-resort-na-paraiba/ . 

Além do Mussulo by Mantra, estão sendo leiloados um estádio de futebol em Campina Grande, o Presidente Vargas, que pertence ao Treze Futebol Clube, um dos três maiores clubes do futebol paraibano. A avaliação do lote é de R$ 30 milhões e o lance inicial é de R$ 15 milhões. O hospital São Vicente de Paula, em Itabaiana, também é um do imóveis incluídos no leilão, avaliado em R$ 4 milhões

João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras, Santa Rita, Solânea, Riachão, Guarabira e Pitimbu são algumas das cidades de localização de casas, apartamentos, terrenos, um prédio comercial inteirinho e áreas rurais que estão disponibilizadas entre os lotes de bens do leilão.

Os interessados vão encontrar também bens diferenciados, a exemplo de uma máquina de lavar ônibus, ou uma fração de posto de combustível, além de condicionadores de ar, motos, caminhões, roupas, sucatas e até biscoitos.

Relação dos bens
A lista completa de todos os bens oferecidos nos três dias de realização do leilão pode ser consultada nas páginas eletrônicas 
www.leiloespb.com.br (leilões dos dias 21 e 22 de julho) e www.marcotulioleiloes.com.br (leilão do dia 23 de julho) e os licitantes que desejarem participar na forma eletrônica devem aderir às regras constantes nos sites.

O leilão já está acontecendo em tempo real, desde as 8h30 desta terça-feira (21) e pode ser acompanhado por meio do Google meet, devendo ser inserido o código: onp-uohw-zra.

Salvar o bem                                                                                                                                                                                                                                                                     O objetivo do leilão é promover o arremate dos bens pendentes e liquidar os processos da maneira mais rápida possível. Mas ainda dá tempo de salvar os bens. Os advogados podem renegociar ou quitar as dívidas e evitar que o bem seja leiloado. Basta procurar a Central Regional de Efetividade do Tribunal do Trabalho da Paraíba.

Fábio Cardoso, com site do TRT-PB

Ler 275 vezes

PUBLICIDADE

JR Esquadrias