Quinta, 03 Outubro 2019 00:29

Vasco arranca de virada a vitória em cima do Atlético - MG em BH e se afasta do Z4 Destaque

Escrito por  postado por revista atual nordeste
Avalie este item
(0 votos)

Na próxima rodada, o Vasco encara o Santos, neste sábado, em São Januário. No dia seguinte, o Atlético-MG terá pela frente o Palmeiras, em São Paulo.

Em partida movimentada, o Vasco conquistou importante vitória ao bater por 2 a 1 o Atlético-MG, nesta quarta-feira, no Independência. Com o resultado, os cruzmaltinos chegaram a 27 pontos e se afastaram da zona de rebaixamento. Já os mineiros seguem com 30, no meio da tabela.

No primeiro tempo, o confronto foi equilibrado, com as duas equipes tendo boas chances. Na etapa final, o Atlético-MG abriu o placar com Otero. No entanto, o Vasco empatou em seguida, com Rossi, de pênalti. Nos acréscimos, Marcos Júnior marcou o segundo dos visitantes para decretar a vitória no Horto.

Na próxima rodada, o Vasco encara o Santos, neste sábado, em São Januário. No dia seguinte, o Atlético-MG terá pela frente o Palmeiras, em São Paulo.

O jogo –

 A partida começou movimentada, com as duas equipes marcando muito e buscando os avanços rápidos. No entanto, a primeira chance de gol aconteceu somente aos dez minutos, quando Otero cobrou falta de longe e acertou o travessão.

O susto não mudou a postura do Vasco, que criou boas chances de abrir o placar em seguida. Primeiro, Ribamar recebeu passe na frente e chutou para boa defesa de Cleiton. No rebote, Andrey finalizou em cima da zaga. Depois, o goleiro mineiro saiu mal e deu a bola para Ribamar, que ganhou na velocidade de Maidana, mas mandou novamente no arqueiro adversário.

O panorama da partida seguiu no decorrer do primeiro tempo. Tanto Atlético-MG quanto Vasco continuavam com a vocação ofensiva e desperdiçando boas chances. Nos minutos finais, os cruzmaltinos tiveram ligeira melhora e quase marcaram aos 47 minutos. Após falta cobrada na área, Talles Magno cabeceou na trave. Assim, o confronto foi igual até o intervalo.

No segundo tempo, os vascaínos voltaram melhores e quase abriram o placar com um minuto. Marrony tabelou com Raul e finalizou para grande defesa de Cleiton.

O Atlético-MG tinha dificuldade em criar boas jogadas, mas conseguiu marcar aos 14 minutos, em lance de bola parada. Após cobrança de escanteio, Igor Rabello escorou e Otero cabeceou para a rede. O lance foi revisado pelo VAR, que confirmou o gol após longa pausa.

Os donos da casa não tiveram muito tempo para comemorar, pois aos 21 minutos o Vasco chegou ao empate. Patrick acertou Marrony na área e, após ser chamado pelo VAR, o árbitro Heber Roberto Lopes marcou pênalti. Rossi cobrou com categoria, sem chance para Cleiton.

Depois dos gols, o jogo ganhou em movimentação. O Vasco tinha mais posse de bola e era mais perigoso. No Atlético-MG, as chances de gol se resumiam as bolas paradas de Otero.

Nos minutos finais, o Atlético-MG passou a ter mais posse de bola e esboçou uma pressão. Os mineiros continuaram tendo problemas de criação e pouco levaram perigo ao Vasco. Os cruzmaltinos aproveitaram os espaços deixados pelos donos da casa para chegar ao segundo gol aos 48 minutos. Rossi cruzou de três dedos para Marcos Júnior, que dominou com categoria e mandou para a rede para dar a vitória aos cariocas.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 1 X 2 VASCO

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 2 de outubro de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Éder Alexandre (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
Renda: R$ 86.502,00
Público: 10.485 presentes
Cartões amarelos: Cazares e Nathan (Atlético-MG); Andrey e Raul (Vasco)
GOLS
ATLÉTICO-MG: Otero, aos 14min do segundo tempo

VASCO: Rossi, aos 21 min do segundo tempo; Marcos Júnior, aos 48min do segundo tempo

ATLÉTICO MG: Cleiton, Patric, Igor Rabello, Iago Maidana e Fábio Santos; Nathan, Luan (Ricardo Oliveira), Elias (Geuvânio), Rómulo Otero e Juan Cazares (Vinícius); Franco Di Santo

Técnico: Rodrigo Santana

 

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Leandro Castán e Henrique; Richard, Raul e Andrey (Marcos Júnior); Marrony, Ribamar (Rossi) e Talles Magno (Gabriel Pec)
 

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Ler 19 vezes Última modificação em Quinta, 03 Outubro 2019 00:41

PUBLICIDADE

JR Esquadrias