Sexta, 10 Maio 2019 10:45

Náutico perde para o Botafogo-PB por 2 a 1, e cai pela terceira vez na história na semifinal da Copa do Nordeste Destaque

Escrito por  postado por revista atual nordeste
Avalie este item
(0 votos)

Náutico luta, mas sofre gol no fim e é eliminado na semifinal do Nordestão pelo Botafogo da Pb que vai decidir o titulo contra o Fortaleza

 

Faltou inspiração, mas sobrou luta para o Náutico. Ainda assim, esta não foi suficiente para o Timbu alcançar à inédita final da Copa do Nordeste. Mesmo após buscar o empate com Tarcísio Martins e tendo o goleiro Bruno defendendo pênalti na etapa complementar, o Alvirrubro sofreu o segundo gol aos 44 minutos do segundo tempo e perdeu para o Botafogo-PB por 2 a 1 nesta quinta-feira no estádio Almeidão.

 
Agora, a equipe comandada por Márcio Goiano vira a chave novamente para o Campeonato Brasileiro da Série C, onde voltará à campo neste domingo, contra o Ferroviário, às 18h, no estádio dos Aflitos, pela terceira rodada da competição.
 
O JOGO
 
O jogo começou intenso, com o Botafogo-PB partindo para cima. O Náutico - com cinco desfalques -, por sua vez, adotou uma postura mais cautelosa, iniciando a marcação no próprio campo, atuando de forma compacta. Para passar pelo bloqueio Alvirrubro, o Belo apostou em ligações diretas. E assim surgiu o primeiro grande susto para a meta Timbu. 
 
Após Nando receber lançamento, Bruno se precipitou na saída do gol e o centroavante cruzou rasteiro para Juninho que, sem goleiro, finalizou em cima de Camutanga. Aos oito, novamente uma chegada do Alvinegro por meio da bola longa. Dessa vez, o lateral Israel recebeu nas costas de Assis e cruzou, mas a defesa do Náutico afastou de novo com Camutanga. 
 
O Belo seguiu pressionando e aos 11 minutos quase abriu o placar. Em cobrança de falta na entrada da área, Marcos Aurélio caprichou e acertou o travessão. O Náutico, contudo, equilibrou rapidamente as ações. Aos 14, em jogada de Lucas Paraíba para Odilávio, o atacante entrou na área e, de frente para o goleiro, tocou para Wallace Pernambucano que, livre na pequena área, furou de forma incrível. 
 
O Timbu não demorou para assustar mais uma vez. Três minutos depois, Luiz Henrique cruzou para Wallace que se antecipou ao zagueiro e cabeceou com precisão, exigindo grande defesa de Saulo. Após essa alternância de chegadas, as equipes diminuíram o ímpeto, deixando a partida mais truncada na faixa central. 
 
Com uma atuação discreta de Wagninho e Lucas Paraíba, o Timbu pouco conseguiu reter a bola. Com mais posse, o Botafogo-PB voltou a atacar apenas no fim do primeiro, em jogadas pelas laterais. Na melhor delas, Nando imitou Wallace Pernambucano e furou o chute na pequena área, com a barra aberta. Apesar da igualdade no placar, o Timbu desceu para os vestiários tendo sido levemente inferior.
 
SEGUNDO TEMPO
                                                                                                                                            O segundo tempo começou sem substituições e de forma similar ao primeiro, com o Botafogo tentando pressionar desde o início. Mas foi justamente após uma chegada do Náutico que o Belo levou perigo. Aos cinco minutos, em contra-ataque após escanteio para o Timbu, o Alvinegro finalizou de fora da área, exigindo defesa de Bruno. E o goleiro não demoraria a aparecer novamente. Quatro minutos depois, o goleiro abafou bom chute de Nando.
 
E, de tanto martelar, o Belo chegaria ao gol. Aos 12 minutos, Nando recebeu lançamento nas costas da defesa e entrou cara a cara com Bruno, que fez a defesa parcial. No rebote, o centroavante dividiu com Assis e chutou para o fundo das redes.
Ler 35 vezes
JR Esquadrias