Segunda, 29 Janeiro 2018 20:43

Moro determina que tríplex do Guarujá vá à leilão

Escrito por  Postado por redação
Avalie este item
(0 votos)
O apartamento tríplex do ex-presidente Lula na praia Asturias, no Guarujá - Marcos Alves / Agência O Globo  Leia mais: https://oglobo.globo.com/brasil/moro-determina-que-triplex-do-guaruja-va-leilao-22342850#ixzz55cYxs5IC  stest O apartamento tríplex do ex-presidente Lula na praia Asturias, no Guarujá - Marcos Alves / Agência O Globo Leia mais: https://oglobo.globo.com/brasil/moro-determina-que-triplex-do-guaruja-va-leilao-22342850#ixzz55cYxs5IC stest
Imóvel levou ex-presidente a ser condenado a 12 anos e um mês de prisão

 
A penhora do imóvel na ação que corre no Distrito Federal chegou a ser usada pela defesa de Lula como argumento para dizer que o imóvel não era do ex-presidente, e sim da OAS. Ao confirmar a sentença de Moro, porém, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região ressaltou que a OAS Empreendimentos foi usada apenas como "laranja" para ocultar o proprietário de fato, que era Lula.
 
Moro afirmou que a falta de pagamento do IPTU coloca o imóvel em risco, com prejuízo aos direitos da Petrobras. Segundo dados da Prefeitura do Guarujá, a dívida relativa ao imposto alcança R$ 80 mil.
 
"Tal omissão leva à natural crença de que o imóvel está abandonado e corre riscos de ter seu valor depreciado, por falta da adequada conservação", escreveu no despacho.
 
Para que o imóvel seja leiloado, Moro determinou que ele seja apartado dos demais bens do ex-presidente Lula. 
 
O juiz deu ainda prazo de dez dias ao Ministério Público Federal e à Petrobras para que se manifestem sobre a decisão do leilão. 
 
A denúncia da força-tarefa da Lava Jato atribuiu a Lula a lavagem de dinheiro de R$ 2,2 milhões, que corresponde ao apartamento e à reforma feita na unidade, que incluiu até mesmo instalação de um elevador interno e mudança do local da piscina, para garantir privacidade ao ex-presidente.
 
Escrito por 
 
 
Ler 45 vezes
JR Esquadrias