Cidades (112)

O projeto, de 8.621 metros, permite o compartilhamento dos espaços para oferecer a convivência saudável no trecho de chegada à Orla da Capital, integrando toda a região com mais uma ampla área de convivência para pedestres, que se une à toda a calçadinha das orlas de Cabo Branco e Tambaú.

Construindo uma cidade para todas as pessoas, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, apresentou, na manhã desta quarta-feira (2) o ‘Largo de Tambaú’, uma ampla área de convivência que dará vida e significados novos ao trecho compreendido entre o cruzamento da Avenida Marcionila da Conceição com a Avenida Epitácio Pessoa e o Busto de Tamandaré. Integrado à área da Orla, o Largo terá as obras iniciadas na segunda-feira (7) e oferecerá um espaço de caminhadas, atividades culturais, passeio e jardinagem, em um investimento da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) na ordem de R$ 2,7 milhões.

“Dentro do conceito de fazer a cidade para pessoas, estaremos iniciando mais uma obra muito importante para oferecer mais qualidade de vida e bem-estar para a população. Esse projeto foi pensado e será executado inteiramente com recursos próprios criando um amplo espaço harmônico para a população que já frequenta a região e para atrair mais pessoas. O Largo de Tambaú se integra a toda a calçadinha da Orla e também às obras que estaremos fazendo na Avenida Epitácio Pessoa, chegando até o Centro Histórico, através da Praça da Independência”, afirmou Luciano Cartaxo, durante a apresentação do projeto.

 

 

 

 

 

 

O ‘Largo de Tambaú’ integra o maior programa de praças e parques já realizado na Capital paraibana que visa criar e requalificar espaços para promover mais qualidade de vida e dar a oportunidade à população e turistas de terem equipamentos públicos de lazer e convivência por todas as regiões da cidade. Nesta perspectiva, a atual gestão já entregou o Parque da Lagoa, o Novo Parque da Bica, 53 praças e ginásios e quadras poliesportivas.

O projeto, de 8.621 metros, permite o compartilhamento dos espaços para oferecer a convivência saudável no trecho de chegada à Orla da Capital, integrando toda a região com mais uma ampla área de convivência para pedestres, que se une à toda a calçadinha das orlas de Cabo Branco e Tambaú. Todo o projeto, desenvolvido pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e será executado pela Secretaria de Infraestrutura ! Seinfra).

Fonte: Da internet

Com o tema “Cuidar do idoso é cuidar do seu próprio futuro”, o evento foi aberto com apresentação cultural do grupo de dança do Serviço Social do Comércio (Sesc), Mulheres do Cangaço, formado por idosas que são atendidas pelo serviço.

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), e o Programa de Atenção à Política da Pessoa Idosa (Pappi) realizou nesta terça-feira (1º) a quinta edição do Simpósio da Pessoa Idosa: vida em movimento, no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM).

Com o tema “Cuidar do idoso é cuidar do seu próprio futuro”, o evento foi aberto com apresentação cultural do grupo de dança do Serviço Social do Comércio (Sesc), Mulheres do Cangaço, formado por idosas que são atendidas pelo serviço. A programação, que se estende por todo o dia, ainda contou com palestras sobre políticas públicas para idosos, cuidados com doenças crônicas na velhice, prevenção de quedas e pilares para uma vida saudável e longa.

 

 

 

O secretário de Desenvolvimento Social, Diego Tavares, ressaltou o trabalho realizado pela Secretaria e pela gestão como um todo para reforçar a dignidade e os direitos da população idosa. “A junção entre as diferentes secretarias tem feito grandes resultados, não apenas estruturantes, mas também com obras que cuidam das pessoas. Conseguimos entregar a Casa do Idoso, uma demanda histórica e que hoje está funcionando e dando suporte aqueles que precisam encontrar sua família ou de um apoio temporário, além do trabalho realizado pelos Cras, com o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos”, apontou.

Também esteve no simpósio o secretário-adjunto da Secretaria Municipal de Habitação (Semhab), André Coelho, que parabenizou a Sedes pela iniciativa em discutir um assunto que é muito atual. “Nós temos uma parceria com a Sedes porque também fazemos um trabalho social com os moradores dos residenciais construídos pelo Programa Habitacional da Prefeitura e uma boa parte do nosso público-alvo é formado por pessoas idosas”.

Por Eloísa França

este ano, foram entregues 13 praças: Praça Engenheiro Solon de Lucena (Geisel), Vereador Potengi Lucena (Cristo), dos Colibris (Bairro Cidade dos Colibris), Cristo Rei (Mangabeira), São Pedro (Valentina), Praça Vicente de Paula Nóbrega (Bancários),Capitão Ulysses da Silva Costa ( Cidade Universitária), Jorge Valcasser (Castelo Branco), Pedro Gondim (Torre), Heitor Cabral (Castelo Branco) e Praça do Joás (Castelo Branco), Praça Otacílio Batista (Brisamar) e a Praça da Convivência, no José Américo

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, acompanhou, na manhã desta sexta-feira (27), as obras de requalificação da Praça do Carro Antigo, no bairro de Manaíra e anunciou um pacote que além dela, inclui mais quatro praças em bairros da Capital.. O maior programa de parques e praças já realizado na cidade acabou de chegar à marca de 53 novos espaços públicos de lazer entregues, entre novos e reformados e agora, com este novo pacote de R$ 3,3 milhões, vai ampliar, ainda mais os espaços públicos que geram mais qualidade de vida e bem estar para a população.

“Nossa gestão é sem medo de errar a que mais construiu ou recuperou praças públicas em João Pessoa. Elas cumprem um papel muito importante na geração de mais qualidade de vida e bem estar e nós estamos investindo cada vez mais para que a população tenha o direito a sair de sua casa e encontrar um espaço preparado para a convivência sadia, para a prática de atividades físicas, esporte e lazer. Com mais este pacote, poderemos atender a mais pessoas e chegar com este programa em mais bairros da cidade”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

De acordo com o planejamento da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) vai construir uma nova praça na Comunidade Bela Vista (no bairro do Cristo), e reformar a Praça Anayde Beiriz (Valentina), a Praça Ernani Satiro (Ernani Sátiro), a Praça Nilton Paz (Valentina) e já iniciou a reforma da Praça do Carro Antigo, em Manaíra.

Carro Antigo – O projeto desenvolvido para a Praça do Carro Antigo respeita toda a história e proposta da praça, e ganhará um espaço adequado para ser utilizado para a exposição de carros antigos. Além disso, ela ganhará 14 quiosques (atualmente são apenas dois), Academia da Terceira Idade (ATI), playground para as crianças e iluminação fotovoltaica (com placas de energia solar), fazendo desta uma praça sustentável.

Somente neste ano, foram entregues 13 praças: Praça Engenheiro Solon de Lucena (Geisel), Vereador Potengi Lucena (Cristo), dos Colibris (Bairro Cidade dos Colibris), Cristo Rei (Mangabeira), São Pedro (Valentina), Praça Vicente de Paula Nóbrega (Bancários – Praça da Apae), Capitão Ulysses da Silva Costa (Bancários/ Cidade Universitária), Jorge Valcasser (Castelo Branco), Pedro Gondim (Torre), Heitor Cabral (Castelo Branco) e Praça do Joás (Castelo Branco), Praça Otacílio Batista (Brisamar) e a Praça da Convivência, no José Américo.

Novas praças:

Praça do Carro Antigo, Bairro de Manaíra (R$ 1.488.175,48);

Praça da Com. Bela Vista, Bairro do Cristo (R$ 274.854,05);

Praça Anayde Beiriz, Bairro do Valentina (R$ 672.079,73);

Praça Ernani Sátiro, Bairro do Ernani Sátiro (R$ 227.772,43);

Praça Nilton Paz, Bairro do Valentina (R$ 684.886,21).

 

A Avenida Tancredo Neves integra um pacote de investimentos de mais de R$ 4 milhões anunciado pelo prefeito Luciano Cartaxo no final de agosto, para a Zona Norte da Capital, no qual 17 avenidas estão sendo contempladas pelo Ação Asfalto

Depois de concluir os trabalhos do Ação Asfalto na Avenida Flávio Ribeiro Coutinho (retão de Manaíra), a Avenida Tancredo Neves é mais um grande corredor da Capital paraibana a receber investimentos da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) através dos programas Ação Asfalto e LED nas Ruas. Na noite desta quarta-feira (18), o prefeito Luciano Cartaxo acompanhou o início dos trabalhos de recapeamento asfáltico da avenida ao mesmo tempo em que conferiu a conclusão da implantação da nova iluminação da via. Com estes programas, a atual gestão dá um novo padrão às avenidas da cidade.

“Estamos iniciando a implantação do novo asfalto da Avenida Tancredo Neves assim como fizemos em outros grandes corredores da cidade, principalmente por onde passam os veículos do transporte público coletivo, criando grandes corredores de nova malha asfáltica como é o caso desta avenida com o retão de Manaíra. Paralelo a isso, também já podemos ver como a nova iluminação em LED muda consideravelmente a região no período noturno oferecendo mais segurança a quem vive ou transita na região”, disse o prefeito Luciano Cartaxo.

Os trabalhos se concentram no período noturno indo até a madrugada, para que não prejudique o tráfego durante o dia. A extensão da implantação do novo asfalto é de 3,3 quilômetros considerando os dois sentidos da avenida, e o investimento é superior a R$ 767 mil. Já na nova iluminação, foi investido R$ 154,8 mil na substituição  de 111 pontos de refletores, totalizando mais de R$ 921 mil nos dois programas.

A Avenida Tancredo Neves integra um pacote de investimentos de mais de R$ 4 milhões anunciado pelo prefeito Luciano Cartaxo no final de agosto, para a Zona Norte da Capital, no qual 17 avenidas estão sendo contempladas pelo Ação Asfalto. O programa leva a recuperação do asfalto ou asfaltamento novo para os grandes corredores e novas vias que ainda não tinham, mas que sejam de grande uso pelos ônibus do transporte público coletivo. Além desta segurança para os motoristas e passageiros, estas novas vias asfaltadas também melhoram a mobilidade urbana, uma vez que oferecem novas rotas de tráfego. Dentro do pacote, também foi anunciada a iluminação do LED nas Ruas em 11 destas avenidas.

 

Este já é o maior investimento em praças realizado na história da Capital, levando mais qualidade de vida e bem estar à população       

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, entrega, às 18h desta segunda-feira (2), a requalificação da Praça Heitor Cabral, no Castelo Branco.  Com mais este espaço público de lazer e convivência, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) chega à marca de 50 praças entregues entre novas e recuperadas pela atual gestão desde 2013. Este já é o maior investimento em praças realizado na história da Capital, levando mais qualidade de vida e bem estar à população.

O investimento na Praça Heitor Cabral foi de R$ 312.318,42.

SERVIÇO

Assunto: O prefeito Luciano Cartaxo entrega a praça de número 50 no                           Castelo Branco;

Dia: segunda-feira (02);

Hora: 18h;

Local: Rua Desembargador Leonardo Smith, Castelo Branco.

É importante lembrar que, nessa localidade, o comércio não será permitido, por desrespeitar o Código de Postura e o Código Municipal de Meio Ambiente”, destacou Zennedy Bezerra, secretário de Desenvolvimento Urbano.

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), executou na manhã desta terça-feira, uma ação de ordenamento na área pertencente ao Parque das Águas, em Mangabeira II.

A Sedurb constatou que comerciantes estavam invadindo a localidade com construções de alvenaria. Em parceria com a Semam e Secretaria de Planejamento (Seplan), as equipes foram hoje ao local para realizar a demolição e convocar os comerciantes a comparecerem à Sedurb para regularizar suas situações.

Ao todo eram seis estruturas em alvenaria. As equipes realizaram as devidas notificações e realizaram a demolição das áreas de expansão, que estavam instaladas na área da nascente do Rio do Cabelo. “Além de não possuir autorização para comercializar, por se tratar de uma área de preservação, essas construções estavam irregulares. Quando tomamos conhecimento que já estavam em expansão, tomamos as providências necessárias. Acionamos a Semam e convocamos os comerciantes para comparecer à Sedurb para discutirmos, caso a caso, a situação deles. No entanto, é importante lembrar que, nessa localidade, o comércio não será permitido, por desrespeitar o Código de Postura e o Código Municipal de Meio Ambiente”, destacou Zennedy Bezerra, secretário de Desenvolvimento Urbano.

Esse tipo de edificação compromete a vegetação e o solo da área de preservação. “Nós monitoramos a área que compreende o Parque das Águas há muitos anos, mas desde 2016 que estamos intensificando essas ações, inclusive no mesmo ano relocamos famílias que estavam ocupando essa região para unidades habitacionais da PMJP. Esse tipo de prática é irregular pela Lei Federal 9605/98, que diz que construir em área de preservação permanente, sem autorização dos órgãos responsáveis, é crime ambiental”, destacou Anderson Fontes, chefe da Divisão de Arborização e Reflorestamento da Semam.

                                                                                                                             Trabalho conjunto                                                                                                                                                                                                                            A população também pode colaborar com esse trabalho entrando em contato com a Sedurb, no caso de comércio irregular em áreas públicas, pelo 3218-9062 ou pelo email  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Para denúncias de crime ambiental, basta entrar em contato com a Semam pelos telefones:  0800 281 9208/ 3218-9208

“A Festa das Neves e a Procissão de Nossa Senhora da Penha se entrelaçam com a própria história de João Pessoa.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta quarta-feira (14), projetos de Lei que tornam a Festa das Neves e a Procissão da Penha como Patrimônio Histórico, Cultural e Imaterial do Estado.

Entre as matérias analisadas, os deputados votaram pela manutenção de vetos e também pela aprovação de requerimentos.

“A Festa das Neves e a Procissão de Nossa Senhora da Penha se entrelaçam com a própria história de João Pessoa. Ambos os eventos aquecem a economia local, ressaltam a religiosidade do nosso povo e reúne uma imensa quantidade de pessoas”, observou a deputada Cida Ramos, autora dos projetos.  

Imagem ilustrativa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os deputados também aprovaram a realização sessão especial com o intuito de comemorar o aniversário de 40 anos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), na cidade de Cajazeiras. O texto foi proposto pela deputada Doutora Paula.

Preocupados com a situação hídrica do Estado, os deputados aprovaram também a realização de debate, em audiência pública, a respeito da manutenção da Transposição do Rio São Francisco. A solicitação foi apresentada pelo deputado Moacir Rodrigues.

Nos trechos finais da rede, as manilhas de 400 milímetros de diâmetros estão sendo substituídas por manilhas de 1.500 milímetros de diâmetro, o que aumentará em quatro vezes o escoamento das águas pluviais. 

As obras de construção da rede de drenagem da Barreira do Cabo Branco, prossegue consideradamente na intervenção mais importante da área, uma vez que vai reduzir o impacto das águas das chuvas na falésia. De  acordo com a PMJP, mais de 150 metros de rede de drenagem já foram concluídos e novas frentes de trabalho devem ser abertas nos próximos meses, acelerando o ritmo das obras.

 

Conforme os tecnicos afirmam a construção da rede de drenagem consiste na implantação de 10 novos trechos, que irão integrar a nova rede há já existente no entorno dos bairros Altiplano Cabo Branco e Seixas. Com a nova rede, os lançamentos das águas pluviais irão ocorrer em dois pontos de emissão, que serão reforçados para receber a nova rede nas praias do Seixas e Cabo Branco.

Já nos trechos finais da rede, as manilhas de 400 milímetros de diâmetros, que  era usadas, estão sendo substituídas por manilhas de 1.500 milímetros de diâmetro, o que aumentará em quatro vezes o escoamento das águas pluviais. Esta etapa está sendo toda executada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), com recursos próprios. Os investimentos somam R$ 5,2 milhões. No total, a área terá 1.500 metros de rede de drenagem.

 

Etapas 

O projeto de proteção da barreira está orçado em R$ 65 milhões e está dividido em três etapas, que consistem no enrocamento – colocação de rochas no sopé da barreira, para evitar que o mar continue atingindo a falésia, provocando sua erosão -, a fase de engorda da área de praia e, por fim, a construção de gabiões marinhos intercalados com a linha de corais existentes no local.

Fonte: PMJP

 

A Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec), que tem a frente o secretário Durval Ferreira, vereador licenciado, entregou na noite  desta quarta feira  mais 812 certificados referentes ao 2º ciclo de formação em tecnologia deste ano. Ao todo, desde 2017, já foram seis ciclos somando mais de 3.000 certificados entregues. 

 

 A cerimônia contou com a presença do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo. Na ocasião, a equipe também fez uma apresentação da plataforma do Programa Banco de Oportunidades que teve seu layout renovado.

Para o prefeito Luciano Cartaxo, o Extremotec tem potencial para abraçar a mão de obra especializada que João Pessoa está disponibilizando. “Estamos chegando a um milhão de habitantes e nossa cidade está se encaminhando para ser uma cidade inteligente. Com os cursos oferecidos pela Secitec, nós fechamos o ciclo de geração de emprego e renda e capacitação da população para usufruir deste mercado da tecnologia”, afirmou o prefeito.

De acordo com o secretário da pasta, Durval Ferreira, a qualificação é o primeiro passo para usufruir de uma cidade inteligente. “Estamos passando por um desafio. Participei na semana passada de um evento em São Paulo sobre cidades inteligentes. Tive acesso a um mundo de informações que me fizeram crer ainda mais que João Pessoa está no caminho certo. E esses alunos que estão se qualificando já deram o primeiro passo”, declarou o secretário.

Nesta cerimônia, foi apresentado o novo layout da Plataforma do projeto Banco de Oportunidades desenvolvido pela equipe de técnicos da Secitec. Com essa plataforma, tanto as empresas quanto os alunos podem se inscrever para ter acesso a um banco de dados com informações sobre vagas disponíveis e profissionais capacitados para ocupá-las.

O evento também foi prestigiado por empresas filiadas ao Polo Extremo Oriental das Américas (Extremotec) que assinaram termo de parceria com o Programa Banco de Oportunidades, entre elas a Hostdime, Digivox, Link Solutions e a Inteligence Gestão Empresarial.

Cursos do 2º Ciclo de Formação – Introdução à gestão e gerenciamento de projetos, Introdução ao marketing digital, Introdução ao design com photoshop e Introdução ao design com corel draw. Já os cursos oferecidos em parceria com a Cisco Networking Academy são: Introduction to cybersecurity (Introdução à segurança da informação), Entrepreneurship (empreendedorismo), Get Connected (Conecte-se) e Introdução à internet das coisas.

 

Capitaneado pela Setrab, só agora em 2019, o programa já liberou R$ 1.200.000,00, um incentivo que se estende, também, para aquisição de máquinas, equipamentos e implementos destinados à atividade agrícola.

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Trabalho, Produção e Renda (Setrab), inicou, nesta quarta-feira (17), a capacitação dos agricultores que serão beneficiados com contratos no mês de agosto. A capacitação envolve 150 agricultores que receberam entre oito e dez mil reais para desenvolver atividades ligadas à agricultura familiar. A primeira turma contou com 50 agricultores e até a próxima semana os demais também receberão orientações.

O secretário da Setrab, Flávio Araújo, explica que o projeto do Cinturão Verde trata da sustentabilidade ecológica e econômica das pessoas que habitam a zona rural de João Pessoa, em bairros como Gramame, Cuiá, Valentina e Paratibe. “Esses profissionais vão receber orientação técnica e noções de comercialização. A Prefeitura tem desenvolvido uma atenção especial para esses agricultores para que eles possam desenvolver a agricultura familiar, ajudar nas suas subsistências e ainda oferecer produtos de qualidade”, ressaltou.

O Programa – O Cinturão Verde da PMJP incentiva à agricultura familiar, vem mudando o perfil da economia agrícola na Capital, agindo como mediador da relação entre consumidor e produtor rural. Capitaneado pela Setrab, só agora em 2019, o programa já liberou R$ 1.200.000,00, um incentivo que se estende, também, para aquisição de máquinas, equipamentos e implementos destinados à atividade agrícola.

SECOM DA PMJP

Pagina 1 de 8

PUBLICIDADE

JR Esquadrias